Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Red Pass

Rumo ao 37

Red Pass

Rumo ao 37

Vitória de Guimarães 0 - 1 Benfica: Final Feliz

gabriel.jpg

Dois jogos em Guimarães na mesma semana. Duas vitórias por 0-1. Dois golos marcados pelos avançados. Partidas iguais? Nada disso.
O jogo do campeonato foi muito mais sofrido do que o jogo da Taça de Portugal. Na 3ª feira houve uma entrada forte e personalizada do Benfica que acabou por marcar o resto do jogo. Nesta 6ª feira, o Vitória apareceu muito melhor já com Tozé e André André no onze. Luís Castro tirou ilações do confronto da Taça e conseguiu montar uma equipa que condicionou a saída de bola do Benfica, recuperava facilmente a bola e manteve os três corredores muito activos ofensivamente durante todo o jogo. 
Foi a qualidade individual a equilibrar a partida, João Felix, Grimaldo, Gabriel e Cervi, foram os que melhor conseguiram criar desequilíbrios e inventar oportunidades para o Benfica atacar. 

Hoje, o Benfica não conseguiu movimentar-se com a equipa tão junta e mostrou muitas dificuldades em ligar o ataque. Um misto de mérito do adversário e sinais de fadiga física de alguns jogadores, como Pizzi. 

guimaraes.jpg

Bruno Lage voltou a surpreender e chamou Castillo ao onze. Fez regressar Odysseas à baliza, Conti fez o lugar de Rúben Dias, Samaris o de Fejsa, Cervi na esquerda e o 4-4-2 foi assim alimentado. 

O avançado não convenceu, sinceramente, mas ficou a certeza que há oportunidades para todos. Rafa foi a grande surpresa e agitou mesmo o jogo. Gabriel apareceu no momento certo do jogo para inventar um passe magistral que chamou André Almeida a cruzar para um golo de Seferovic que vale 3 pontos. Todo o mérito para o brasileiro que aos 81 minutos de jogo teve capacidade para inventar uma jogada destas.

Vitória muito complicada, objectivo cumprido. Uma semana em Guimarães com êxito total. Que a próxima em Braga seja igual. 

Tiago Martins à imagem da organização desta Liga, fraco, provocador, inquinado e incompetente. Valoriza mais o triunfo.