Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

IPO de Lisboa recebeu esta 2.ª feira visita das Modalidades SLB

B47iYXgIcAAAFIM.jpg

 O dia 15, esta segunda-feira, iniciou-se para alguns atletas das várias modalidades do Sport Lisboa e Benfica de forma solidária. No âmbito da iniciativa de Natal do Grupo Benfica, todos os colaboradores ofereceram presentes a crianças e jovens internados em Hospitais e Organizações Sociais. Hoje foi altura do IPO de Lisboa receber o Benfica solidário.

 

Fundação Benfica

O prometido é devido.

E ontem, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, deslocou-se à Madeira sendo acompanhado por Carlos Móia (presidente da Fundação), Jorge Miranda e João Gabriel, para entregar as chaves de três casas que prometeu atribuir a três famílias que tinham ficado sem as suas habitações aquando do trágico 20 de fevereiro deste ano, onde o temporal que assolou a ilha causou um cenário desolador.

Benfica no Haiti

 

Duro choque com uma cidade destruída

A alegria de ver que os 767 mil euros angariados a 25 de Janeiro, na Luz, ajudam a reerguer um país

Vieira e Saviola impressionados com a devastação

 

fonte A Bola

Benfica All Star-Amigos de Zidane, 3-3



Que grande dia para o Sport Lisboa e Benfica!
O estádio da Luz recebeu o mundo do futebol que quis mostrar o que de melhor tem este desporto. União de estrelas mundiais com o propósito nobre de angariar fundos para as vítimas da tragédia no Haiti.
Figo, Zidane, e Ronaldo há muitos anos que se preocupam em organizar anualmente um jogo para doarem a receita à luta contra a pobreza. Este ano o palco escolhido foi a capital portuguesa e o estádio da Luz.

Pela primeira vez ao jogo associou-se um clube de futebol que organizou o evento e apresentou a sua equipa All Stars . Esse clube foi o nosso Benfica que mostrou aos portugueses o que o mundo já sabe há muitas décadas, somos um clube de dimensão mundial.

Por isso hoje ouvimos o lendário Zidane agradecer ao Sport Lisboa e Benfica por esta noite. Por isso apareceram mais de 51 mil pessoas nas bancadas da Luz numa noite gelada de 2ª feira.

Além da importância do objectivo do encontro a noite teve mais significados muito especiais para todos os benfiquistas. Hoje é o dia em que celebra o nascimento do Rei Eusébio. Teve direito a celebração bonita. Hoje é o dia em que recordamos a trágica noite de Guimarães em que um jogador vestindo o manto sagrado caiu morto perante os nossos olhares incrédulos. Fez-se o tributo a Fehér que nunca será esquecido por nós. Hoje está de parabéns o nosso Presidente Fernando Martins que tanto fez pelo nosso clube.
Hoje avivou-se a memória de um passado glorioso com a presença de alguns dos melhores jogadores da nossa história, e festejou-se o presente brilhante com os craques que nos indicam um futuro risonho. Tudo em campo ao mesmo tempo. Um jogo de futebol para recordar outros tempos, e imaginar os êxitos de um breve futuro, tudo contra uma equipa onde rodavam autênticas lendas do futebol internacional.

Este ano recebo a minha águia de prata pelos 25 anos de sócio do Sport Lisboa e Benfica. Quando me fiz sócio já frequentava o clube, ia aos jogos todos há uns bons anos. Assim por alto posso dizer que vejo o Benfica jogar ao vivo há 30 anos. É com grande orgulho e emoção que digo que vi TODOS os jogadores que vestiram aquela linda camisola berrante a jogarem no seu tempo.

Humberto Coelho foi o primeiro capitão que me habituei a ver. Ao lado de Bastos Lopes formavam uma dupla impressionante. O central português com mais classe que vi jogar.

Dimas ainda está para as curvas. Era um defesa esquerdo competente mas ainda hoje acho surpreendente a sua saída para a Juventus!

Paneira, o grande Paneira. Homem chegado de um clube humilde que construiu o seu lugar na asa direita com muito trabalho e esforço. Chegou a ser dos melhores no seu lado, mas nunca soube manter-se no topo e os penaltis europeus falhados não ajudaram a ser maior.

Neno defendeu em grande estilo um remate de Zidane. À Neno mesmo! Só faltou uma saída em falso num canto para recordarmos na perfeição os seus anos nos postes.

Abel Xavier conseguiu um regresso glorioso à Luz depois de ter sido corrido com assobios. A sua rebeldia fora de campo fazem dele uma figura querida do Benfica. Grande Faisal!

Mozer ainda hoje mantém a pose de grande central. Um dos melhores de sempre. Deu para recordar aquela noite na Luz contra o Porto de Robson quando Mozer venceu a batalha com o puto Fernando Couto e o Benfica virou o 0-1 para 2-1.

Hélder foi um bom central português dos anos 90. O homem que até marcou nos 3-6 de Alvalade.

Chalana no relvado com a bola. Uma imagem que já não esperava ver mas que viveu comigo diariamente nos anos 80. Na escola esfolavam-se joelhos a festejar golos à Chalana. O melhor extremo esquerdo que vi jogar: "deixem passar o pequeno genial" cantou-se com graça no Topo Sul.

Schwarz foi um do clã dourado sueco. Que jogador! Ainda hoje está ali para as curvas com o seu cabelo impecável.

Abel Silva nunca fez grande carreira na Luz. Prometeu mais do que cumpriu mas ficará para sempre como o homem do golo de Riade.

Pietra, este sim, o dono da camisola "2" do SLB anos a fio. Foi o primeiro defesa direito que conheci no nosso Benfica. Habituei-me ao grande Pietra de tal maneira que acho que até hoje o Benfica não conheceu melhor jogador naquele lugar.

Claro que há sempre Veloso, mas o capitão do bigode e da voltinha perto da bandeira de canto fez os dois lados da defesa e foi um exemplo de longevidade. Não fosse aquele penalti de Estugarda e
seria ainda mais respeitado. O penalti e o filho,claro.

Valido e Paulo Madeira foram mais duas grandes promessas do Benfica. Se Valido nunca teve grande hipóteses de ganhar o seu lugar no eixo da defesa, já Paulo Madeira fez muitos mais jogos pelo Benfica do que aquilo que eu desejava!

Rui Águas foi grande ponta de lança. Mas manchou a sua carreira com aquela passagem pelo clube Corrupto. Nunca será maior que o seu pai, mas tem passagens muito bonitas na nossa história. A noite da 1/2 final em casa com o Steua nunca esquecerei, tal como o 3-1 ao clube Corrupto na Luz em que assinou um hattrick.

Valdo continua com a mesma classe a tratar a bola, um dos melhores "10" que tive a sorte de ver voltou em forma ao relvado da Luz. Faltou um livre para o vermos acariciar o anel antes de bater na bola.

Nené mantém a mesma imagem. Camisola muito bem arrumada dentro do calção branco. Quando comecei a frequentar as bancadas da Luz andava intrigado com o comportamento do Terceiro Anel que tanto criticava o nosso "7". Aquilo não fazia sentido, o homem marcava sempre e levava as baterias Tudor, e os pares de Sapatos que os patrocinadores ofereciam ao marcador do primeiro golo do jogo. E toda a gente gozava com o homem que não sujava os calções. Mas marcava que se fartava!

Por falar em "7", o extremo direito que quase me fez esquecer o Diamantino (não jogou) é checo e veio do Manchester United numa das piores fases da nossa centenária História. Karel Poborsky lá estava hoje no relvado. Costas voltadas para a linha lateral aos pulinhos à espera da bola, em arrancadas com aquela forma de correr tão característica, com as obrigatórias mangas compridas mas com o cabelo curto. Deu ideia que ainda podia simular uma arrancada parecida com aquela que numa tarde fez contra o Braga. Pegou na bola à saída da nossa área e fintou tudo e todos até fazer golo. Enorme Karel merecia ter vivido aqui numa época muito melhor.

Magnusson apresentou-se em versão XXL e com aquele seu humor muito nórdico. Mats fez 99 golos com a nossa camisola! Não quer nada com o exercício físico mas é grande benfiquista e anunciou que fica cá até domingo para ver o triunfo contra o Guimarães e apoiar na caminhada para o título que ele acha que este ano não escapa. Vamos lá fazer a vontade ao homem que nos fez festejar 99 vezes nos anos 90.

Os outros pertencem todos ao passado recente do Benfica e sabe sempre bem ver o Rui a mexer na bola, ou o Miccoli a desfilar todos os seus truques, ou a dupla mais benfiquista da Grécia, Karagounis e Katsouranis.


Uma grande noite em que deu para recordar o enorme passado que este clube tem, e motivar-nos para o futuro que se adivinha glorioso.

Por uma noite a capital mundial do futebol foi o estádio da Luz. A noite em que Figo foi aplaudido na Luz enquanto fazia respeitosas vénias ao melhor jogador da história do Benfica depois de Eusébio, Fernando Chalana - o pequeno genial.

Apetece-me dizer que foi o jogo Benfica - Resto do Mundo, um sonho que tinha na minha juventude e que só concretizava no tapete do Subbuteo inspirado pelo humor do guardião belga Pfaff que animava sempre este tipo de jogos. Hoje cumpriu-se esse sonho, houve uma enorme festa do futebol. Enquanto os marretas das tv's discutiam túneis, socos, frutas, e outras palhaçadas, na Luz jogou-se futebol à escala mundial e fez-se uma receita bonita para doar ao Haiti.

Tenho muito, muito orgulho em ser do Benfica, em frequentar o estádio da Luz há mais de 3o anos, e ter cartão de associado há mais de 25!




Benfica All Stars: Quim, Miguel, Humberto Coelho, Luisão e Dimas; Katsouranis, Paneira, Karagounis, Rui Costa, Nuno Gomes e Miccoli
Jogaram ainda: Neno, Moreira, Abel Xavier, Mozer, Hélder, Miguel Vítor, Chalana, Ramires, Schwarz, Saviola, Éder Luiz, Manuel Fernandes, Abel Silva, Pietra, Valido, Paulo Madeira, Rui Águas, Valdo, Nené e Magnusson
Treinadores: Toni e Jorge Jesus

Amigos de Zidane: Barthez; Dani Alves, Marquez, Fernando Couto, Jean Sony, Figo, Davids, Zidane, Henry, Kaká e Pauleta
Treinadores: Van Gaal e José Peseiro
Jogaram ainda: Luciano, Hierro, Olic, Cocu, Hagi, Kluivert, Popescu, Bhutia, Lehmann, Kluivert, Hagi, Le Saux, Radebe, Pires, Laudrup, Dugarry, Nedved, Akwá, Amer, Alfredo Esteves, Obikwelu, Tymoshchuk, Digão, Ricardo Pereira, Martin Solveig


Marcador: 0-1 por Kaká (14); 1-1 por Nuno Gomes (16); 2-1 por Nuno Gomes (22); 2-2 por Pires (53); 3-2 por Éder Luís (60); 3-3 por Bhutia (84)

O Mundo na Luz

Chuva de estrelas no Estádio da Luz, esta noite, a partir das 19.45 horas, com a realização do Jogo Contra a Pobreza, cujos lucros serão canalizados para a ajuda humanitária ao Haiti, assim como para a necessidade de reconstrução de um país que vive momentos dramáticos. O evento desta noite tem um cartaz extremamente apelativo, com a presença desde logo de quatro Bolas de Ouro: Zidane (1998), Figo (2000), Nedved (2003) e Kaká (2007). Deste quarteto, três também foram distinguidos com o galardão FIFA World Player: Zidane (1998, 2000 e 2003), Figo (2001) e Kaká (2007).

De recordar que a presença de Kaká se deve à indisponibilidade de Ronaldo em comparecer. O formato habitual do Jogo Contra a Pobreza prevê a realização de um jogo entre os Amigos de Zidane e os Amigos de Ronaldo — os dois astros são Embaixadores da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento — mas desta feita o francês e o brasileiro reuniram um conjunto de craques na mesma equipa e terão pela frente uma formação de All Stars do Benfica, composta pelos jogadores do actual plantel e por vários atletas, de diferentes gerações, que vestiram a camisola do clube, casos de Miccoli, Nené, Rui Costa, Poborsky, Mozer, Katsouranis, Abel Xavier ou Humberto Coelho. E na equipa dos Amigos de Zidane e Ronaldo também são inúmeros os artistas, além dos referidos Bola de Ouro. É o caso de Henry, Laudrup, Davids, Hagi ou... Obikwelu.Tudo com arbitragem de Pierluigi Collina.

De referir que o primeiro-ministro José Sócrates também estará na Luz.

Jogadores Já Confirmados no Jogo contra a Pobreza



Lucas Radebe (África do Sul), Akwá (Angola), Kaká, Marcelo e Luciano da Silva (Brasil), Michael Laudrup (Dinamarca), Fernando Hierro (Espanha), Zinédine Zidane, Fabien Barthez e Christophe Dugarry (França), Jean Sony e Joseph Peterson (Haiti), Baichung Bhutia (Índia), Graeme Le Saux (Inglaterra), Edgar Davids Patrick Kluivert e Phillip Cocu (Países Baixos), Luís Figo, Fernando Couto e Pauleta (Portugal), Pavel Nedved (República Checa), Gheorghe Hagi e Gheorghe Popescu (Roménia) e Alfredo Esteves (Timor Leste) jogarão na equipa Ronaldo, Zidane & Amigos. Rui Costa, Nuno Gomes, e antigos jogadores do Benfica farão parte da Equipa de Estrelas do Benfica com Poborsky e Miccoli , Valdo, Humberto Coelho, Nené ou Abel Xavier.

Receitas do Jogo Contra a Pobreza vão reverter a favor da população do Haiti

O presidente da Fundação Benfica, Luís Filipe Vieira, anunciou esta segunda-feira que as receitas do Jogo Contra a Pobreza, a realizar no próximo dia 25 de Janeiro, vão reverter a favor da população do Haiti. Além disso, foi aberta uma conta para ajudar as vítimas do terramoto do passado dia 12 de Janeiro.

Na sua intervenção, Luís Filipe Vieira lembrou que as verbas da 7.ª edição do Jogo Contra a Pobreza “eram destinadas, originariamente, a projectos de luta contra a pobreza coordenados pela ONU, através do seu programa para o desenvolvimento, e pela Fundação Benfica”. No entanto, a situação que se está a viver no Haiti levou à alteração do destino das receitas: “Desde que nos chegaram as primeiras notícias da crise humanitária no Haiti, e ao longo destes dias, de forma sistemática, temos vindo a manter contactos regulares com os responsáveis do PNUD, no sentido de canalizar as receitas deste jogo para o Haiti. Depois de alguns dias de avaliação e à medida que ficaram mais claras as carências - mas sobretudo a dimensão do desastre - a decisão foi tomada.”

Luís Filipe Vieira deixou um apelo para que a população portuguesa compareça em peso no Estádio da Luz, de forma a poder ajudar o povo do Haiti. “É importante a participação de todos na próxima segunda-feira, no Jogo contra a Pobreza, porque a vossa presença neste estádio representará mais uma pequena ajuda para a população do Haiti”, afirmou o presidente do Sport Lisboa e Benfica.

O território ficou devastado e é necessário um grande esforço de reconstrução do território do Haiti. Além disso, os últimos dias têm sido marcados por pilhagens. Toda a ajuda será pouca para ajudar aquele pequeno país das Caraíbas. “Por isso, a Fundação Benfica e o PNUD, além das receitas do jogo do próximo dia 25, decidiram abrir uma conta de solidariedade que reverterá igualmente para o Haiti”, revelou Luís Filipe Vieira.

O plantel principal “encarnado” também irá contribuir para a referida conta, anunciou o presidente da Fundação Benfica. O capitão Nuno Gomes e o sub-capitão Luisão estiveram presentes no Camarote Presidencial do Estádio da Luz para apelar à solidariedade dos portugueses.

Aceda já à página do Site Oficial do Clube e faça um donativo para o seguinte
NIB: 0076 0000 4519 7177 1010.6