Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

A 1ª Volta do Benfica na Liga 2013/14

Marítimo - Benfica 18 agosto
Benfica - Gil Vicente 25 Agosto
Sporting - Benfica 1 Setembro
Benfica - Paços de Ferreira 15 Setembro
Vitória - Benfica 22 Setembro
Benfica - Belem 29 Setembro
Estoril - Benfica 6 Outubro
Benfica - Nacional
Academica - Benfica 3 novembro
Benfica - Braga 24 Novembro
Rio Ave - Benfica 1 Dezembro
Benfica - Arouca 8 Dezembro
Olhanense - Benfica 15 Dezembro
Setubal - Benfica 20 Dezembro
Benfica - Porto 12 Janeiro

Benfica 3 - 1 Moreirense

 

O Benfica cumpriu a sua obrigação nesta última jornada e apesar de uma exibição meio ressacada conseguiu impor-se ao Moreirense e virou o 0-1 para 3-1 somando os 3 pontos. A motivação já não era muita a partir do momento que se soube na Luz que em Paços de Ferreira já tinha acontecido aquilo que todos sabíamos que ia acontecer, o Porto chegava rapidamente ao golo com um penalti inventado que também originou logo a expulsão de um jogador do Paços. Tudo limpinho. A partir dali sobrava a honra de vencermos o nosso jogo e nada mais.

 

A vitória também teve o sabor de ver essa personagem nojenta chamada Inácio conhecer o amargo da descida de divisão. Mereceu e bem. Para o ano vai trabalhar para um clube um pouco mais acima na tabela, fica-lhe bem um cargo no 7º classificado.

 

Pena termos de esperar pelo jogo de despedida da temporada na Luz para vermos bola com a luz do sol. Também é pena só termos visto assistências na Luz com cerca de 50 mil pessoas nestes últimos jogos.

 

É quase inacreditável que tenhamos perdido este campeonato. A coisa começou torta em casa com um empate contra o Braga mas depois andou certinha , mais ou menos ao ritmo do adversário. Mais uma vez conseguimos uma vantagem pontual numa altura determinante da época e deixámos fugir. Dá que pensar.

 

É fácil dizer que perdemos a Liga no jogo com o Estoril e irmos por aí fora a culpa o Carlos Martins pela expulsão, o Jesus por não ter tirado o Lima que passou ao lado do jogo, o Artur que facilitou no golo sofrido, etc... Mas não me parece que seja um só jogo a justificar este fracasso. Penso que o problema começou no jogo contra o 7º classificado do terminado campeonato. No fim do derby o campeonato começou a mudar e a estrutura do Benfica não soube defender o clube. Não é o Jesus nem os jogadores que têm de vir rebater as teorias da conspiração que aparecem sempre que passamos obstáculos complicados. O clube tem que saber conviver com esses êxitos e interpretar os sinais dos inimigos.

 

O Porto apostou tudo numa perda de pontos do Benfica no derby. O Sporting surpreendeu tudo e todos ao conseguir mostrar na luz um futebol com mais de dois passes certos, coisa pouco vista nos últimos anos para aqueles lados. O Benfica , com mais uma dezena de jogos nas pernas, respondeu com dois golos, um deles uma obra de arte, e os lances polémicos foram aproveitados pelos verdes, o que pouco importa para a história, e pelos azuis que apelidaram logo este campeonato de Capela. O Benfica em vez de encolher os ombros e rir-se e ficar vaidoso do Golão Lima/Gaitán foi na conversa e começa a responder.

Ainda não perceberam que isto vai ser sempre assim? Sempre que o Benfica ganhe ou esteja perto de ganhar alguma coisa há de ser sempre por causa de árbitros ou jogadas de bastidores. Há três anos a culpa foi do túnel, com o Trap foi o jogo no Algarve, no ano passado após a derrota do Porto em Barcelos as faixas estavam entregues e este ano ia ser o ano do Capela. E nós caímos nisto.

 

Qual foi a necessidade do João Gabriel vir falar após o jogo dos Barreiros?! O que ganhámos com isso?! Qual foi a necessidade de respondermos ao discurso do "sujinho, sujinho" ?

E o que fizemos após a arbitragem absolutamente escandalosa que transformou a viagem do Porto à Choupana ( onde tivemos uma oposição fortíssima que nos custou 2 pontos ) num passeio alegre ? O que fizemos quando o Braga no Dragão foi prejudicado por causa de uma mão na área azul? E noutros jogos com lances duvidosos , já para não falar do facto de nunca serem marcados penaltis contra o rival, o que fizemos ? Nada. Num jogo com jogadas polémicas que acabaram por nos beneficiar, repito em UM jogo, os nossos inimigos transformaram a nossa vitória num escândalo e e a partir daí foi uma festa. Isto vindo do clube que tem a relação espectacular que todos sabemos com poder/arbitragem/corrupção. Isto tudo para dizer que acho inacreditável que sejamos comidos por aquela máfia que se habituou a controlar todo o nosso futebol e assim que vê o Benfica ganhar alguma vantagem abrem os fogos todos de guerra atirando com sujinhos, capelas e afins para no fim virem dizer que afinal o Campeonato não foi nada sujinho, foi muito espectacular e o Jesus até percebe disto.

E tudo o que nós temos contra este império é o João Gabriel numa 2ª feira à noite após ganhar ao Marítimo armado em irónico ?! A sério que é só isto?

É que podemos falar da táctica, da substituição, do minuto 92, da bola ao poste, do erro deste ou daquele jogador mas não se pode ignorar a maneira como tudo se passa fora de campo. E se dentro do relvado acho que estamos mais perto de ganhar do que estávamos, fora do relvado parece-me que estagnámos , para não dizer que andámos para trás.

Eu recebi parabéns de amigos portistas, sim tenho alguns bons amigos portistas, por alturas do jogo nos Barreiros. Disse-lhes que era parvoíce porque nada estava resolvido. Eu não sou do futebol, não ando lá dentro mas já tenho anos suficientes para saber que isto é sempre muito complicado de gerir. Aproveito para lhes devolver os parabéns pelo êxito, aos que já me tinham entregue o campeonato e aos que esperaram pelo final.

 

Quanto a nós, é bom reflectirmos como é que um Vítor Pereira consegue incendiar as nossas cabeças pensantes sem que ninguém consiga colocá-lo no lugar dele. Nem que fosse da maneira mais fácil, com silêncio.

Era para ter sido sujinho, era para ter sido o título do Capela e acabou por ser um exemplo de limpeza como se viu na Choupana e hoje na Mata Real. Tal como foi há um ano com o Proença na Luz ou como no nosso jogo em Coimbra.
Perdemos o campeonato em casa no Estoril ou no último minuto no Dragão, é isso que nós achamos e é isso que está mal porque se fosse ao contrário estavam eles a espumar e a culpar o Capela. Nós estamos aqui calados e resignados e ninguém acha anormal todas as polémicas deles. Sendo assim a culpa também é nossa. Perdemos por culpa própria mas só porque o rival estava em boas condições de aproveitar um deslize nosso de última hora.

 

Terminou o campeonato mas não acabou a época. Para a semana há Jamor. Concentração para sermos nós a fechar a época com um sorriso e termos a oportunidade de abrir a próxima com categoria.

Bilhetes Para o Dragão

Estádio do Dragão/11 MAI 13 – Sábado/20h30.


Locais de venda:
- Bilheteiras do SL Benfica (Megastore);

- Departamento das Casas do Benfica.


Preço dos Bilhetes:

- Bancada Topo Norte (Coca-Cola I) - 25€;

- Bancada Central Nascente (TMN A) – 65€.

 

 

Inicio/Fim da venda de ingressos:

- Inicio: Quarta (08MAI, às 10h00);

- Fim: Sexta (10MAI, às 16h00), ou até que esgotem.

 

Condições de Venda:

- Bancada Topo Norte (Coca-Cola I) - 25€: qualquer tipologia de sócio pagante com quota de Março de 2013 em dia;

- Bancada Central Nascente (TMN A) – 65€: Venda aberta ao público em geral.