Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

Benfica 1 - 1 Marítimo



Ser o último dos candidatos a entrar em campo e saber que uma vitória já nos colocava em vantagem sobre os aliados do costume devia ter sido mais aproveitado , principalmente, nos primeiros 20 minutos. Tinha esperança que o Benfica marcasse cedo e que o jogo não acabasse no inevitável futebolzinho português do anti jogo protegido pela arbitragem e com o filme do costume com a equipa mais forte a procurar o golo por todas as maneiras e feitios e no fim termos de ver os festejos de um autocarro daqueles antigos que nem andam.

Infelizmente não marcámos cedo, embora tenhamos feito para isso, e infelizmente voltámos a ver o adversário beneficiar de uma grande penalidade antes do intervalo tal como já tinha acontecido no jogo de apresentação. A paradinha do Alonso deixa-me muitas dúvidas.

Depois foi aquilo que já mais vezes vimos na Luz nas últimas décadas. Jogadores adversários a "morrerem" por tudo e por nada, assistências médicas autorizadas pelo simpático árbitro, um guarda redes que tudo defende e que só vê um amarelo no fim do jogo por demorar a repôr a bola em jogo. Ou seja, o futebol português tal como o conhecemos.

Do Benfica vi aquilo que esperava e já vinha da pré época. Há ali bom futebol, há organização, há disciplina na execução de ideias, há bons jogadores. Claro que há que ir melhorando, mas arrisco dizer que o Benfica hoje esteve à altura de vencer o jogo.
O problema é que , como já sabemos, isto no Benfica não chega! Noutros tempos sim, o facto de jogarmos mais e melhor normalmente dava vitórias, hoje em dia é preciso mais. É por isso que está Jesus no banco. Ele , melhor que ninguém, conhece as manhas do nosso campeonato, sabe o que é estar do outro lado a enfrentar o Benfica, é dele que eu espero que jogos destes sejam resolvidos com a sua maior experiência. Hoje já foi um sufoco para chegar ao empate, e mesmo assim nos poucos minutos seguintes que nos deixaram jogar estivemos muito perto da vitória.

O fabuloso ambiente que se vive na Luz não deixa dúvidas, o povo está com a equipa, agora é preciso dar a volta à manha do costume. Se não se conseguir, então vai continuar tudo na mesma.

4 comentários

Comentar post