Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Rumo ao 37

Red Pass

Rumo ao 37

Benfica 2 - 1 Braga

 

Grande vitória. Enorme vitória num dos jogos mais decisivos da época. Acreditar do principio ao fim e lutar pelos 3 pontos. É isto que se pede sempre ao nosso Benfica, hoje cumprimos o objectivo. Um final emocionante e uma injecção de confiança enorme para o que falta da guerra pelo título.

 

Faltam 10 minutos para os 90' estamos finalmente a ganhar 1-0 e o Braga parte com tudo para a nossa baliza em busca do empate. Há uma falta marcada do lado direito do ataque do Braga. Muito perto da nossa área e por isso com enorme perigo para Artur. O Braga aproveita a paragem no jogo e faz uma substituição. A minha alma fica parva com a reacção do Estádio da Luz à entrada de um adversário num momento decisivo do jogo. Recordo que está 1-0 e estamos em situação complicada de defender um livre perto da nossa baliza. Hugo Viana embalado pela euforia das bancadas coloca a bola na área. Artur não consegue limpar o lance e aparece um jogador do Braga a rematar para golo. 1-1. Por acaso não foi Nuno Gomes mas podia ter sido.

Ou seja, os mesmo que uns minutos antes desesperados com o nulo no marcador assobiaram a sua equipa por esta demorar a sair do meio campo com a bola, os mesmos que costumam tratar um dos nossos melhores marcadores da história do clube com vaias e assobios, são os mesmos que se estão nas tintas para os momentos do jogo e resolvem criar uma atmosfera fantástica para o nosso adversário!

 

Isto anda tudo ligado, meus caros amigos. Não se pense que a ovação a um jogador que prefere ver os jogos partir do banco do adversário em vez de estar num dos nossos camarotes ao lado do Rui Costa, foi algo de inocente. Não, nada disso. Aquilo é gente que tem mais que fazer e que não  pode estar no seu lugar a partir do minuto 85. Como têm que ir à vida deles e correr para fora do estádio, esteja o Benfica a ganhar ou não, então resolveram já despachar a ovação ao ídolo mesmo antes do golo que nos podia ter tramado de vez o campeonato. É mostrar que não são ingratos e depois correr dali para fora sem ver nem festejar um dos golos mais emocionantes da temporada. O Bruno César é que merecia ser ovacionado mas não tem um cabelo bonito para isso.

 

Espero que todos os que não viram o 2-1 tenham aplaudido o Nuno Gomes senão a sua semana nem vai correr bem.

Posto isto quero deixar uma sugestão ao Presidente. Ou melhor, quero deixar duas: Presidente faça um novo estádio só para 30 mil pessoas, os que ainda vivem isto a sério sem circos. Presidente não volte a permitir esta palhaçada do speaker a pedir apoio durante o jogo. Não é permitido pelas regras, dá multa e são exemplos vindos de outros lados que eu gostava muito que o meu clube não seguisse.

 

Não me apetece falar muito mais do jogo, nem do ressabiado do Quim. Uma palavra para Miguel Vítor que voltou a mostrar que é melhor solução que Jardel, lamento a lesão, e outra para Capdevila que voltou a mostrar o quão grave é a teimosia em Emerson. Bruno César foi enorme, sofreu o penalti (felizmente indiscutível) e fez o 2-1. Deve ter feito mais numa noite do que outro em largos anos.

Obrigado à equipa por nos manter na corrida e terem correspondido ao nosso apoio. Lamento cada vez mais assistir à transformação do nosso estádio, que em tempos foi um verdadeiro inferno para os adversário, num monumental circo.

 

Quando terminou o jogo, consumada que estava a nossa vitória, esperei que as equipas se cumprimentassem e aguardei pacientemente pelo momento que o nosso ex jogador Nuno Gomes acenou para a bancada onde eu estava para o aplaudir de pé. Mas já depois de ter terminado a batalha, no final mesmo. Não sou ingrato mas também não sou anormal ao ponto de achar mais importante ovacionar o passado do Benfica do que apoiar o presente do clube.

 

Quarta feira lá estarei em Londres com o mesmo espírito de conquista com que fui hoje para a Luz.

Benfica!

32 comentários

Comentar post

Pág. 1/3