Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

lol de Portugal 0 - 2 Benfica

 

Mais um derby mais uma vitória mais uma ida ao WC mais um Festival no relvado e nas bancadas. Dois derbys no campeonato 2010/11, duas vitórias, 4-0 e está despachado o Sporting mais conhecido aqui como o LOL de Portugal. E já estão a 15 pontos!

Como sempre prometeram muito com a conversa de quem está pior supera-se nestes jogos mas mais uma vez foram encavados como tem sido habitual nos últimos anos.

 

Faço questão de voltar atrás para que não se esqueçam alguns "pormenores" que antecederam o derby. Mais uma vez tivemos a espantosa coincidência de uma notícia sensacionalista em semana de derby. Desta vez foi a (re)detenção de um homem ligado ao caso "very light". É curioso que sempre que vamos a Alvalade há notícias deste género envolvendo os adeptos do Benfica. Isto leva-me a perguntar se terá servido de inspiração para os adeptos do Sporting lançarem durante o jogo dois (!!) "very lights" na bancada onde estava a Juve Leo. Tanta hipocrisia que para ali vai...

Depois tivemos o caricato episódio dos adeptos lagartos num treino fechado da equipa para transmitirem ... apoio. Valeu a pena como se viu. O curioso é que a imprensa divulgou o acto mas "esqueceu-se" hoje de informar o país que os mesmos apoiantes se deslocaram num autocarro alugado que à noite se deve ter perdido e fez uma passagem pela Luz para arremesso de tochas e pedras. Estranho o silêncio sobre isto de uma imprensa sempre tão bem informada... Se fosse ao contrário não duvido que abria telejornais.

 

 

Como se sabe nada disto alterou o nosso conhecido destino que é o de vencer e muito menos o deles que é o de serem eternamente cabeçudos. O cenário daquele WC é cada vez mais triste, já nem no derby conseguem encher e dos pouco mais de 36 mil que lá foram umas centenas entreteram-se com outro jogo renhido de combate com a PSP. Entendo-os, com uma equipa daquelas mais vale arranjarem um passatempo durante o jogo. E até lhes faço aqui o elogio sincero pelo momento de revolta em que contra atacaram e conseguiram correr com a PSP da sua bancada. Foi bonito.

 

E por aqui se ficam os elogios porque o resto é uma tristeza tão grande que já nem dá para grandes gozos de tão normal que se tornou ganhar neste passeio ao WC.

O Benfica entrou em grande foi à procura da bola e aproveitou para lhes retribuir a rábula da troca de campos. Foi com naturalidade que a nossa equipa remeteu o Sporting para o seu meio campo reduzindo-o à sua mediocridade exibindo um futebol que chegou a ter momentos de nota artística alta como gosta o nosso treinador. Era tudo fácil de mais, os nossos alas Gaitan e Salvio acompanhados de Maxi e Coentrão faziam o que lhes apetecia, Martins e Javi dominavam o meio campo sem problemas servindo com à vontade Saviola e Cardozo sempre a deixar em sentido a pobre defesa lagarta. Tudo nas calmas menos a já habitual tendência de nos amarelarem rapidamente meia equipa.

O golo de Salvio surgiu com naturalidade e fez explodir de vez a nossa bancada de alegria e a dos rivais de pancadaria. Até ao intervalo só vi o Sporting a ir à nossa baliza sem perigo mas antes do intervalo a expulsão de Sidnei veio complicar um jogo que parecia estar controlado.

 

Entrou Jardel e logo se lesionou. Uma palavra de agradecimento para o novo reforço que continuou em campo como um verdadeiro campeão. Na verdade Jardel trouxe o equilíbrio necessário para o Benfica continuar a controlar o jogo e quando o Sporting deu um ar da sua graça apareceu Roberto a negar-lhes o golo. A partir daí a equipa ganhou ainda mais confiança e saiu pelas alas já com Jara e Airton em campo. A vitória nunca esteve em causa e o segundo golo apareceu por Gaitán acabando com a discussão dos 3 pontos.

A partir daí instalou-se a festa na nossa bancada. Aquela que justifica todo o dinheiro que gastamos para lá ir. Um misto de comédia, alegria e orgulho por sermos do Benfica e estarmos , mais uma vez, a humilhar aquele clube que um dia já foi grande e hoje limita-se a ser aliado dos maiores corruptos do futebol português.

 

Ao som de Guantanamera demos um recital em formato medley: mete o moutinho allez allez... mete o liedson allez allez... mete o costinha... mete o sá pinto... e o mais encorajador: para a semana há mais allez allez . . .Pelo meio um esclarecedor: o Sporting é a nossa p*ta. É por aí...

 

Em 2011 só sabemos ganhar e não era no WC que isso ia mudar. já perdi a conta aos derbys seguidos que não perdemos para os cabeçudos, sei é que todos são para ganhar como hoje. Sem facilitismos nem fatalismos como vi por aí a semana passada. É a lei do mais forte, somos muito melhores que eles, aliás, somos de outro campeonato porque lutamos pelo título e somos os campeões, eles nem sabem bem ao que andam. Até o cântico deles serve para gozarmos mais um bocado adaptando à realidade: e o sporting é o nosso grande HUMOR!

Obrigado lagartos por existirem e continuarem a proporcionar noites divertidas como esta.

Sugiro que da próxima vez o JJ comece a jogar logo com menos um e ao intervalo tira outro. Para equilibrar.

 

Uma palavra para os adeptos da maior corrupção da história do futebol português, os adeptos do clube do norte que tem no nosso vizinho o maior aliado, como se sabe, hoje puderam assumir a sua simpatia pelos verdes enquanto torciam por um milagre. Como estão a ver não vos serviu de nada a rábula da antecipação do jogo com o Nacional e não basta meter Nunos Andrés Coelhos no WC para nos vencerem. Voltaram a ver o Benfica ganhar por 0-2 com menos um. Um conselho para o verão: o Salomão tem pinta de maçã podre vão lá pedi-lo que vão bem servidos, já que nós não mexemos "naquilo".

 

É como nós cantámos nas bancadas: para a semana há mais.

Espero que sigam na Europa, pois gostava de voltar ao WC até ao fim da época, lol de Portugal.

19 comentários

Comentar post

Pág. 2/2