Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

Jorge Jesus deixa elogios à União e pede enchente em Leiria


O treinador do Benfica está ciente das dificuldades que vai encontrar na visita à União de Leiria, terceira classificada da Liga, e pede o apoio dos adeptos no confronto de domingo.

Em declarações ao canal de televisão do clube, o técnico dos "encarnados" não poupou elogios à formação orientada por Pedro Caixinha e não acredita encontrar mais facilidades pelas saídas de Silas e Carlão, duas peças importantes na formação do Lis. "Vamos jogar com o terceiro classificado, uma equipa que está a fazer um óptimo campeonato. Vai um jogo difícil, com um adversário super moralizado. Saíram o Silas e o Carlão, mas a União de Leiria tem outras alternativas", salientou.

Para Jorge Jesus, a União de Leiria segue logo atrás de FC Porto e Benfica "porque sempre foi uma equipa que jogou o jogo pelo jogo e procura impor as suas ideias" e, domingo, face aos campeões nacionais "vai manter esse pensamento positivo".

Pelas dificuldades esperadas, Jorge Jesus deixou o apelo aos adeptos benfiquistas para "repetirem a enchente do ano passado", num jogo que o clube da Luz venceu por 2-1, numa altura ainda mais precoce do campeonato (quinta jornada). "Por aquela altura, estávamos numa posição muito mais próxima do primeiro e num dia diferente. Amanhã (domingo) vai estar um tempo chuvoso, mas era importante que os adeptos do Benfica voltassem ao estádio em grande número. No ano passado foram determinantes para a nossa vitória", reconheceu.

Sobre a equipa para domingo, Jorge Jesus confirmou que Luisão está recuperado e será convocado, tal como Aimar, embora a utilização do médio seja ainda matéria de ponderação: "Se pudermos não ter Aimar no domingo e contar com ele para o resto do mês de Janeiro..."

Sobre o argentino José Luís Fernandez, o primeiro reforço do Benfica na reabertura do mercado, adquirido ao Racing Avellaneda, Jesus pediu tempo para o jogador sul-americano e rejeitou comparações com o compatriota Di María, que deixou o Benfica no último defeso para rumar ao Real Madrid. "É um jogador que acabou a competição há um mês, perdeu competitividade e ainda não conhece as ideias do Benfica. Chegou para uma posição que precisávamos, mas não vem substituir Di María. Di María só há um e foi por isso que foi para o Real Madrid", salvaguardou o técnico.n

 


Lusa

1 comentário

Comentar post