Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

Benfica 1 - 2 Académica

 

Clássico.

Verdadeiramente clássico este arranque no Campeonato do Benfica na minha vida nos últimos anos. É impressionante a quantidade de vezes que já vivi esta sensação de terminar a minha quinzena de férias de Agosto no fim de semana em que , finalmente, o Benfica começa a jogar e o resultado é sempre negativo. E nos últimos 6 anos tenho sempre pensado que desta vez vai ser diferente mas não vale a pena porque as férias acabam sempre estragadas.

 

Foi uma entrada em falso duplamente triste. A entrada em jogo fez-se com uma 1ª parte miserável que não tem desculpa nenhuma, mesmo porque há um ano os mesmos jogadores (quase todos) e os mesmos técnicos tinham feito o mesmo com o Marítimo. E a entrada no novo campeonato com uma derrota caseira é coisa para fazer soar o alarme.

 

É verdade que o mais certo era o resultado ter acabado num empate a 1 golo, o que já era mau, mas na realidade o que assusta é que a Académica conseguiu travar o futebol do Benfica mesmo com menos um jogador em campo e defendendo de maneira fácil. Tirando os números idiotas de teatro sempre habituais nestas ocasiões para perder tempo, a equipa de Coimbra acertou nas marcações e no tipo de futebol que anulou o 4-1-3-2 de Jesus. E o que me assusta é que aquilo que a Académica fez qualquer equipa da nossa Liga pode facilmente fazer porque já todos conhecem a nossa maneira de jogar e as suas variantes.

 

É claro que em 3 meses o Benfica não passou de melhor equipa do país a equipa vulgar mas há muito que falar pelo meio. Já se festejou, já gozámos as férias, ja deixámos a pré época correr juntamente com o folclore das transferências, até já se perdeu uma Supertaça. Agora não há mais margem de descanso nem de descontracção. Hoje o Benfica perdeu e deixou o Braga e o Porto isolados na frente, isto quer dizer que ao olharmos para o nosso calendário vamos ter um arranque de Campeonato de alta tensão e isso é muito perigoso.

Tão perigoso como terem andado a falar em Liga dos Campeões e feitos na Europa. É certo que nas últimas semanas mudou-se o discurso e apontou-se para o bi-campeonato mas se calhar já foi tarde para muitas cabeças no ar.

Este jogo tinha que ser ganho para garantir o voltar ao normal. Perdemos e agora começam a cair sobre as nossas cabeças a derrota com o Porto, a derrota na Eusébio Cup, as saídas de Di Maria, Ramires e Quim, e a falta de reforços além dos que já se sabiam quando terminou o campeonato.

 

Na baliza temos um problema. Um problema incompreensível quando se investe 8,5 milhões num jogador avaliado em metade desse valor. Vamos sempre falar do que se pagou por ele e vamos sempre exigir que defenda de acordo com um guarda redes que valha 8,5 milhões. Hoje acho que Roberto não teve culpa nos golos sofridos ( foi a ideia com que fiquei no estádio, não vi imagens na televisão ) mas a desconfiança das bancadas com quem está na baliza é muito negativa para a sua estabilidade. Tal como os disparatados aplausos em jeito de ovação cada vez que o homem faz qualquer coisa de básico. Saiu Quim, gastou-se um dinheirão e não me parece que tenhamos o problema da baliza resolvido.

 

Na defesa a ausência de Luisão é sempre complicada e se juntarmos a falta de forma fisíca de Maxi e o desacerto total de Sidnei sou obrigado a perguntar se não era altura de fazermos regressar Patric que brilha no Brasil para termos um segundo defesa direito a sério em vez de continuarmos a alimentar um Luís Filipe. Se Sidnei quer ser alternativa séria a uma possível saída de um dos centrais habituais então tem de fazer muito mais do que mostrou hoje. Espero que todos recuperem rapidamente a sua forma habitual porque o quarteto é o mesmo da época passada e isso vai ser um trunfo importante no futuro.

 

No meio campo as dores de cabeça são enormes. Quem desequilibra na esquerda? Quem assume o papel de Ramires? Andamos a improvisar em plena competição e isto não tem desculpa. Impunha-se que o Benfica tivesse respondido na hora à saída de Ramires em vez de termos o Presidente a fazer "jogos" com a imprensa em pleno Brasil. Se é o Wesley o escolhido então venha ele pelo preço que custar. Com o dinheiros das vendas de Ramires e Di Maria a Direcção tem mais do que obrigação de repôr o equilibrio do plantel! Não admito respostas do tipo "até 31 de Agosto há novidades". É que para saírem os dois titulares não foi preciso esperar tanto. É preciso um extremo esquerdo que poupe o César Peixoto a figuras como a que fez hoje. É preciso e urgentemente.

 

Tal como é preciso olhar para o nosso ataque e perceber que Cardozo está muito longe das condições físicas ideais não sendo Kardec opção por lesão sobra só Nuno Gomes e Weldon. Fomos contratar Rodrigo ao Real Madrid mas ainda ninguém percebeu se é para reforçar o "11" ou o contingente de emprestados que temos. Volto a insistir para o dinheiro que já fizemos em vendas, exige-se reforços do nível de Javi ou Saviola. Ou vamos ficar a viver do sucesso da época passada e voltamos ao mesmo registo que pautou o Benfica durante 4 anos seguidos antes da chegada de Jesus?

 

E já agora, onde anda o nosso Director Desportivo Rui Costa? É que eu tenho medo, muito medo, ao ver Luís Filipe Vieira a tomar conta sozinho da pasta de contratações. Não quero cá mais Stretenovics.

 

O treinador é o mesmo, os jogadores são quase todos os mesmos, o apoio é o de sempre, portanto só é preciso acelerar no sentido de colmatar a sério duas saídas e alguns ajustes que já falei. Isto já devia estar mais que feito mas agora que se perdeu uma Supertaça e no Campeonato entrámos a perder é urgente que todos cumpram o seu papel a 100%. Todos.

Mais uma vez vamos andar a correr atrás dos outros, mais uma vez tenho a fé e o acreditar de que vamos ultrapassar tudo e todos, mas mais uma vez é preciso dar um murro na mesa dentro de casa a ver se acordam todos a tempo.

Sonho um dia terminar as minhas férias de Agosto bem disposto.

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2