Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

Benfica 0 - 0 Galatasaray: Apuramento Tranquilo

_JPT3161.jpg

Os ciclos no futebol são engraçados. Bem, na verdade, este ciclo no futebol do Benfica é engraçado. A plateia da Luz fica logo mais tolerante e compreensiva com os contextos das competições. Isto a propósito deste 0-0 desta noite. 

Apareceram cerca de 50 mil benfiquistas na Luz, o que é assinalável se pensarmos que há uns anos era complicado meter mais de 30 mil nos 1/4 de final com o PSV, por exemplo. 

A equipa foi acarinhada de principio ao fim, não houve impaciência, assobios, nem debandada. Nas bancadas percebeu-se que este jogo era a segunda metade de um duelo que o Benfica teve sempre controlado, nunca esteve em desvantagem na eliminatória, e que era o Galatasaray que tinha a responsabilidade de fazer golos. À partida, tudo isto parece absolutamente normal mas nem sempre é assim.

Recordemos aquela noite europeia com o Bordéus para a Liga Europa. Era a primeira mão e o Benfica vencia por 1-0. Sem conseguir fazer mais golos, o Benfica tentou gerir o jogo de maneira a garantir que não sofria golos, o que era importante para a viagem a França. A plateia da Luz, exigente, não perdoava a posse de bola sem criar perigo e os jogadores foram brindados com fortes assobiadelas. Tinha tudo a ver com o ciclo. 

Quando há esta confiança na equipa e no trabalho da equipa técnica, a compreensão é evidente. O jogo estava perto do final e ouvia-se o estádio a cantar pelo Benfica e até houve uma coreografia com luzes de telemóveis a iluminar as bancadas. Percebeu-se que havia uma necessidade da parte dos adeptos em mostrarem que estavam com a equipa e que entendiam o nulo, o primeiro da era Lage. 

Isto dá conforto à equipa. É verdade que hoje o Benfica não foi eficaz na finalização mas chegou a construir jogadas de ataca promissoras e vistosas. Florentino estreou-se a titular na Luz e encantou todos com uma exibição excelente.

Há um jogo muito importante com o Chaves e isso explica a tentação em ir controlando o jogo, a eliminatória e o tempo que corria favoravelmente. 

Foi um apuramento tranquilo, natural e entusiasmante para a próxima eliminatória. 

Entretanto, porque o Benfica também é isto, uma história à parte. Na 2ª feira na Vila das Aves, antes do jogo, conheci um benfiquista que quis partilhar a sua dedicação ao clube. É do norte e foi emigrante na Suíça até há pouco tempo. Agora que voltou, disse-me que o maior objectivo de vida é estar presente em todos os jogos do Benfica porque foi o que mais lhe custou no estrangeiro, não ver o Benfica ao vivo. Prometeu que ia à Luz ver a Liga Europa e levava chocolates da Suíça para o pessoal da BTV. E hoje entregaram-me mesmo um apetitoso e grande chocolate Denner - avelãs. Muito obrigado, isto também é o Benfica, generosidade, bondade e agradecimento.