Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

Dia Mundial da Fotografia

11894568_898838323536536_3448780133076481564_o.jpg

 

Justa homenagem aos homens das fotografias que são uns dos grandes aliados que fazem do futebol um espectáculo sem igual há décadas. Todas as fotografias que ilustram as crónicas de jogo da Luz aqui publicadas, fazem de João Trindade uma das mais valias deste espaço.

Hoje divulgo a foto que o amigo Joaquim Martins Araújo publicou no seu facebook para marcar este dia mundial da fotografia. Falo de dois benfiquistas mas há muitos mais como o Luís Roma Neves ou a Isabel Cutileiro.

Nesta fotografia há estádio da Luz antigo com vista para a bancada central antes do 3º Anel fechado, onde vi tantos jogos europeus em criança, há derby, há a prova de como as condições para os fotógrafos eram diferentes para pior e, acima de tudo, há Bento há Benfica ao ataque com Fidalgo, nosso ex guarda redes, em grande estilo.

Vénia aos fotógrafos de todo o mundo que documentam da maneira mais bela o futebol desde sempre.

19 de Agosto de 1954. Otto Glória profissionaliza Benfica

480465.jpg

 Adeus ao amadorismo, viva a nova era do futebol português

Com o selo de qualidade de Rui Miguel Tovar do Jornal I.

Neto de portugueses, Otto Glória nasce no Brasil mas é em Portugal que faz história. Treina Benfica, Sporting, Belenenses, FC Porto e a selecção portuguesa rumo ao terceiro lugar no Mundial-66, tendo-lhe pertencido também o comando da selecção no início da qualificação para o Euro 84. Quando Otto chega a Lisboa em 1954, é para limpar a face ao futebol amador português. O Benfica contrata-o para profissionalizar o clube e Otto Glória revela-se à altura do desafio. Cria o Lar do Jogador, implementa concentrações e estágios com regras rígidas (os jogadores estão proibidos de jogar cartas ou dados e de falar calão) e proíbe o próprio presidente do clube (Joaquim Bogalho) de ir ao balneário ou falar com os futebolistas. É este o caminho do futuro.