Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 37

Red Pass

Rumo ao 37

Benfica 1 - 0 Mónaco : Baliza Grande!

_JPT8846.jpg

(Foto: João Trindade)

 

Quanto custava um bilhete para ver este jogo no piso zero da bancada Sagres? Para sócios valia o quê, 10, 15, 20 euros? E para não sócios, 20, 25 euros? Não sei porque comprei o pack dos três jogos europeus mas tenho ideia que os valores não andam muito longe disto. Se me perguntarem até quanto é que estou disposto a pagar para ver o Benfica marcar um golo na Champions League a poucos metros do meu lugar, não sei o que responder. Isto porque acho que ver tal coisa não pode ser tabelada, não tem preço. Ora, com uma nota de 20 euros e mais uns trocos qualquer mortal pode viver a experiência de estar perto da Baliza Grande e viver o momento em que a bola vem no ar, é desviada à entrada da área e cai à frente de Lima e Talisca. São uns centésimos de segundo incríveis em que tentamos empurrar a bola para a baliza só com o pensamento, até que vemos o pé de Talisca a dar sentido à vida e explodimos de alegria ali mesmo. São uns míseros segundos que não têm preço mas nem são assim tão caros.

 

Agora vamos falar de um pessoal alemão vindo do Vale do Ruhr. Semana europeia e as cidades que têm clubes nas provas da UEFA recebem milhares de turistas adeptos de futebol. Em Lisboa além de um número bem surpreendente de monegascos há uma considerável invasão de camisolas azuis do Schalke 04. E o que é que aquele pessoal alemão pensa na véspera do seu jogo no estádio mais feio da Capital? Vamos ao Estádio da Luz ver o ambiente, beber umas cervejas e pode ser que haja bilhetes. Qual não é o espanto deles quando percebem que havia mesmo alguns bilhetes disponíveis. Mais concretamente cerca de 30 mil por vender. Ficaram pasmados com tamanha sorte deles e com tão grande desprezo dos benfiquistas por uma noite europeia. Isto é rapaziada habituada à Bundesliga onde os estádios estão por norma cheios e os preços dos bilhetes são muito acessíveis. A minha bancada tinha manchas azuis, eram adeptos do Schalke 04 que (imaginem só!) adoram futebol. Muitos com cachecóis do Benfica festejaram o golo de Talisca. Prometeram ganhar amanhã mas a esta hora ainda não percebem porque é a Luz em noite europeia teve 32 mil pessoas nas bancadas, deixando mais de metade do estádio vazio. Eu não consegui explicar, disse para eles lerem os comentários aqui no blogue e no mural do facebook com todas as explicações que a malta tem para dar de cada vez que levanto a questão.

 

Foi uma vitória muito suada, conquistada já na fase final da partida quando alguns já saiam do estádio para irem à sua vida. Fez-se o mínimo aceitável que era ganhar mas não foi nada fácil.

O jogo foi muito equilibrado, teve fases de domínio do Mónaco e outras em que o Benfica esteve por cima mas o golo nunca esteve muito perto do nosso ataque nem a defesa dava sossego aos nervos. Claro que o empate servia muito mais aos franceses do que ao Benfica mas nem por isso a equipa de Jardim abdicou de procurar o golo.

 

Do lado do Benfica temos um Júlio César a crescer na baliza, e tanto que precisamos de um guarda redes em forma! Hoje esteve impecável a segurar o nulo. Espero que seja para continuar assim.

No lado esquerdo da defesa André Almeida a fazer o que pode. Pergunto-me se nesta situação não era de arriscar lançar um puto da formação que fosse defesa esquerdo de raiz. Não digo nomes para não desvirtuar a ideia. O André entrega-se mas é óbvio que não é terreno dele.

Jardel voltou em grande após paragem de um mês. Um ou outro pormenor a dar calafrios mas bem no geral, confirma-se como o tal central de rotação muito útil, como já disse aqui há semanas. Depois Luisão e Maxi a darem normalidade e tranquilidade aquele sector.

No meio, Samaris hoje pareceu mais solto, bem a procurar variar os flancos, a procurar linhas de passe mesmo quando pressionado mas pouco seguro na entrega de jogo. Continua à procura de confiança. Enzo entra no jogo, disputa os lances e entrega-se mas não é o Enzo que nos encantou aqui com ecos em Valência e arredores. Mesmo assim muito importante no jogo.

Gaitán na esquerda mesmo com dores nas costas dá um toque de qualidade ao jogo atacante do Benfica mas condicionado a tarefa complica-se. Do outro lado Salvio muito mais solto e a procurar zonas do terreno para desequilibrar o jogo e a aparecer em zona de finalização onde esteve péssimo. O Benfica precisava de conclusões simples e eficientes, Salvio não foi capaz de as fazer mas trabalhou muito na ala e bem no apoio à defesa.

_JPT8748.jpg

 (Foto: João Trindade)

 

Talisca estava a fazer um jogo esforçado mas os passes não lhe saiam bem, não conseguia espaço para rasgar com bola nos pés e os remates não estavam certeiros. Parecia que a estrelinha do baiano que tanto tem brilhado a nível interno não ia aparecer na Europa. Até que acontece o momento mágico a pouco tempo do fim. Talisca tem o mérito de estar lá e marcar. Talisca tem golo. E isto já é dizer muito. Hoje a sua aparição em frente à baliza deu 3 pontos, relançou o Benfica europeu desta época e rendeu uns milhares de euros aos cofres da Luz.

Derley batalhou que se fartou e saiu justamente ovacionado. Lima entrou mais cedo para o lugar de Samaris e o Benfica teve mais bola e mais profundidade, entrada muito importante em jogo. Tiago e Cristante já foi mais para a estatistica e cronómetro.

 

Foi uma vitória importante para repor alguma auto estima europeia e não fechar portas uefeiras além de Dezembro. Espero que a luta de hoje não traga ressaca na deslocação seguinte que é à Choupana. Ganhar é bom e dá moral, tem sido assim nos últimos anos. As vitórias são maiores que o cansaço. Hoje aconteceu uma vitória muito disputada e igualmente saborosa.

Os clubes franceses continuam sem ganhar na Luz, O Mónaco nunca marcou um golo ao Benfica em jogos oficiais, é este o resultado do duplo confronto com os monegascos que marcou a viragem do calendário na fase grupos da Champions League.

Última palavra para Jardim, um muito obrigado por não ter lançado Bernardo Silva e ter poupado uns quantos benfiquistas a repetirem a triste figura que fizeram quando o Nuno Gomes entrou com a camisola do Braga para ajudar a roubar 2 pontos ao Benfica.

Boa sorte para o pessoal do Schalke 04.