Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

Benfica 1 - 0 Académica

( Foto - Joaquim Martins Araújo )

 

Comecemos pelo pessoal da Briosa.

Tudo muito ofendido porque o Inter de Mourinho já eliminou assim o Barça e até o último jogo do Manchester United em Madrid serve exemplo. Ok. Mas posso dizer que já não estava habituado a ver a Académica fazer este futebol, vá lá chamemos-lhe defensivo, há uns bons anos na Luz. Isto é um elogio ao futebol que vi a equipa de Coimbra fazer aqui nas últimas temporadas até com alguns resultados bem amargos para nós à mistura. Se nas outras épocas elogiei a postura da Académica, para ser coerente, hoje tenho de dizer que é bem feito terem chegado ao fim de um jogo, que só quiseram empatar,  com zero pontos.

Querem mesmo falar de penaltis? Ok, falemos. Custa muito ver o árbitro apontar para a marca de grande penalidade aos 93', nao custa? Eu entendo. Mas a mim também me custou imenso não o ver assinalar o respectivo penalti aos 48' por mão na área. Mas ainda me custou mais ver o Aimar ser pontapeado na área da Académica e em vez de termos um penalti foi marcado livre contra nós. Faz agora um ano e eu estava em Coimbra a assistir à entrega do campeonato a outra equipa. Empatámos e não vi ninguém da Académica a lamentar essa arbitragem. Estamos conversados.

Acabar só a dizer que até gosto da postura do Pedro Emanuel que me tem surpreendido com o seu discurso como treinador. Não mudei de opinião hoje. Só acho que tem de conviver melhor com a crítica porque hoje perdeu e perdeu bem. De forma dramática mas bem.

De qualquer maneira, lamento mas nestas contas da manutenção tenho de ser sincero... Gosto muito de ir ao frango do Calhabé mas prefiro que fique na 1ª uma equipa da minha cidade do que uma de Coimbra. Lamento mas fico contente em termos ajudado os vizinhos a ficarem no escalão maior.

 

Falemos do Benfica.

Preocupante a exibição da primeira parte. Não podemos esquecer que este jogo vem no seguimento daqueles minutos finais épicos de Proença na Choupana e tivemos que nos virar sem Matic que é realmente a nossa grande figura do meio campo em 2012/13. Hoje foi uma miséria ver André Almeida e Enzo a tentarem tomar conta do recado. Felizmente na próxima jornada regressa o sérvio para pôr ordem ali no meio.

 

Estamos a entrar numa fase que as equipas que nos visitarem vão optar por este anti jogo. O segredo aqui é marcar um golo entre os 20/30 minutos para acalmar os nervos e desatar o nó do lado contrário. Se não entrarmos a matar nestes jogos os minutos passam, os nervos aumentam, a ansiedade é mais que muita e pode resultar em perda de pontos. É verdade que sem ter feito um jogo brilhante a equipa construiu situações de golo, houve grandes defesas de Ricardo, bolas no poste, falhanços desesperantes e o golo podia ter vindo mais cedo. Mas é essencial fazer golos na primeira etapa do jogo.

 

O final foi feliz e por isso é fácil elogiar Jesus mas ele merece. Apostou cedo forte no ataque com a entrada de Kardec e foi a tempo de lançar Gaitán, decisivo no lance final. Custa-me muito pensar que nesta altura já estava meia nação encarnada a pedir a cabeça de um treinador que devíamos acarinhar e resolver ficar com ele mais uns anos sem estar tudo à espera do primeiro desaire.

Ganhámos, estamos vivos, deixámos muitos milhares agarrados às tv's por esse país fora a terem um ataque de fúria no final. Gosto disso.

 

Descansar, respirar fundo e 5ª feira há mais.