Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 37

Red Pass

Rumo ao 37

O Campeão Volta a Casa

 

Dois meses e meio após a tarde inesquecível do jogo com o Rio Ave e a conquista do 32º título a Luz abre as portas para receber equipa e adeptos na apresentação da versão 2010/11, ou seja do Benfica Campeão 2010/2011.

Todos à Luz neste dia de verão para rever companheiros de bancada, beber umas valentes Sagres, e ver de perto os campeões e os reforços desta temporada.

Não esquecer que o nosso treinador faz hoje anos e merece também uma grande ovação. JJ faz hoje 56 anos, em 51 jogos no Benfica ganhou 38 e empatou 7. É este o caminho que queremos continuar.

O Cabeçudo do Maior LOL de Portugal


Muito boa a capa do Expresso com Costinha. Essa grande figura da história leonina que jogou sempre contra o Sporting que em Portugal fez carreira no clube aliado e que agora vai mais longe que o próprio Sá Pinto, o que serviu de escudo a JEB para acalmar a Juve Leo, e diz ao mundo que além de ser de um clube onde nunca foi visto enquanto jogador é antibenfiquista. Isto sim é verdadeiramente importante e de grande classe. Repito nem o Sá Pinto tinha ido tão longe.

 

Para os menos atentos lembro que a tradução desta entrevista é qualquer coisa como:

 

- Sim, eu desde que aqui entrei levámos 5 do "meu" Porto para a Taça, o Benfica veio aqui espetar 4 com a equipa de reservas na Taça da Liga e ficámos a uns históricos 28 pontos do Benfica Campeão. Consegui mandar para o "meu" Porto o puto mais regular que tem estado no Sporting nos últimos anos, não consigo contratar ninguém realmente convincente para o clube mas ainda tinha este trunfo para os topos do nosso estádio: HEI, EU SOU ANTIBENFIQUISTA!

 

A capa do Expresso de hoje é histórica porque resume de forma genial o que é o Sporting em 2010: uma filial lisboeta dos antibenfiquistas do norte. Sem presente, sem futuro e sem passado recente no futebol.

Costinha, nós queremos que aí continues muitos e bons anos!

Um cabeçudo é naturalmente um lagarto habituado a tudo perder. Um grande cabeçudo é um lagarto que não se orgulha só em ser lagarto e precisa de puxar o título de antibenfiquista para se afirmar no seu meio. Costinha, o grande cabeçudo que além de ver o futebol do Sporting em níveis embaraçosos tem que ver o seu ódio de estimação mais pungente que nunca.