Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 37

Red Pass

Rumo ao 37

Jornalismo Miserável

'Rapazes da Luz' é claque

Causou surpresa, para quem está habituado a acompanhar os jogos do Benfica, a enorme tarja exibida por um novo grupo de adeptos do emblema da águia. Rapazes da Luz, assim se denominam estes adeptos do Glorioso. Fizeram a sua aparição, ocupando o topo sul do recinto da cidade do Lis.

Lê-se n'A Bola!

Nem vou comentar porque isto é ignorância a mais para um jornal que se alimenta de futebol, e de... Benfica! Que incompetência!!

Vamos a Monsanto!

Sorteio da Taça de Portugal: ao Benfica caberá jogar frente ao Monsanto, que milita na Zona Centro da II Divisão.

Já FC Porto e Sporting, vão jogar diante dos seus adeptos. Os «dragões» recebem o Sertanense (pelo terceiro ano consecutivo no caminho do campeão nacional), enquanto o Penafiel (II Liga) vai visitar Alvalade.

Os encontros vão disputar-se no fim-de-semana de 17 e 18 de Outubro.

União de Leiria 1 - 2 Benfica



Uma vitória muito suada mas bem conseguida. Não, não me refiro ao jogo, estou a falar em encher o Estádio de Leiria! Um espaço que em 5 anos de vida nunca encheu para ver um jogo da equipa local ontem vestiu-se de vermelho e branco apresentando uma imagem arrepiante de apoio benfiquista.

O que conta por estes dias nem é o que vemos, é o que sentimos. Assim que a bola começa a rolar os nossos olhos concentram-se no meio campo do adversário, o nosso coração bate mais forte a cada ataque benfiquista, e as pernas preparam-se para festejar um golo que sentimos que pode aparecer em qualquer altura. Saviola confirmou tudo isto e a explosão de alegria que se vê e ouve à volta da relva faz relembrar que o Benfica é isto! Uma equipa séria, agressiva, atacante, apoiada por uma multidão que acredita, que tem orgulho nas camisolas encarnadas e que não se cansa de incentivar. A cabeça analisa e conclui que isto devia ser sempre assim. O que sentimos nas épocas em que no fim de Setembro já choramos pontos de atraso para os nossos rivais tem mais a ver com revolta. Uma revolta de sabermos que estamos a viver uma fase que é o contrário da gloriosa história centenária do nosso clube.
Agora, pelo contrário, sentimos que esta é a ordem natural das coisas. O Benfica forte, os adversários encolhidos, os estádios deste país são todos nossos, com algumas excepções, e o dia de jogo do Benfica voltou a ser uma festa enorme de manhã à noite com as estradas deste país a pintarem-se de vermelho e branco, com os restaurantes a agradecerem o levamtamente de ânimo que se nota por estes dias.

O Benfica voltou a entrar a ganhar, a mandar, a dominar, e a assustar. Desta vez sofreu o empate em jogada infeliz de David Luiz. Foi uma sensação que há muito não experimentavámos. O União fez um golo e o jogo parecia na Luz já que os festejos nas bancadas foram mínimos.
A vantagem deste Benfica é funcionar como um todos. Dentro do relvado e nas bancadas todos puxamos para o mesmo lado, todos pensamos a mesma coisa. Foi golo? Ok, antes agora do que no fim do jogo. Assim podemos partir à conquista da vitória e temos tempos.
E foi o que aconteceu. Apesar de alguns sustos no contra ataque do Leiria, a procura pela vitória foi contínua e incansável. Toda a gente acreditava que até ao fim íamos marcar. Neste momento este é o nosso maior trunfo. Um trunfo que não se compra, que não se corrompe, que não se inventa, é um trunfo natural das vibrações positivas. Se todos estamos mesmo a acreditar, e à espera que o Benfica faça um golo, então vamos mesmo marcar até ao fim. Já tinha sido assim em Guimarães.

Cardozo entrou e fez o seu 5º golo. É o líder dos marcadores. Para que não haja dúvidas.
Fez golo de penalti.
No estádio fiquei desconfiado por só ter recebido um sms. Diz me a experiência que sempre que há um penalti a nosso favor que nasce de algum equívoco do árbitro recebo para cima de 5 sms no espaço de um minuto a conter a palavra "colo" ou "roubo".
Pois bem, o Oscar chutou lá para dentro a festa instalou-se e no rescaldo apenas um sms! Só um? nem precisei de perguntar muito mais, foi penalti claro. Depois ouvi o nosso treinador, que deve saber alguma coisa mais de futebol do que nós, e ele confirmou que foi penalti. E no telemóvel lá estava apenas 1 sms.

A questão é que é claro que foi penalti, e se não fosse naquele lance o Benfica até ao fim marcaria o golo, não duvidem.
O tal querer vale muito.
Em vez de perderem tempo a tentar inventar teorias por causa de uma falta bem assinalada, vejam lá se percebem que o estádio de Leiria ontem encheu, que a cidade de Leiria ontem viveu um enorme dia de festa, que a receita de bilheteira rendeu mais ontem do que vai render no resto da época toda, que o Benfica está a jogar de peito cheio e olhos na baliza.
Vá lá, falem disso.
Ou custa assim tanto?!

Ah, é verdade, sobre o tal sms veio de quem escreveu isto: Assim é mais complicado
Ui que tremideira que para ali vai... Até dá para rir!