Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao 38

Red Pass

Rumo ao 38

Amaral - o Coveiro Recorda os Tempos da Luz no I

Na sequência dos JO, veio para o Benfica. Como foi?

Em Portugal, o FC Porto, com Zahovic, Jardel e Drulovic, dominava a cena mas o Benfica continuava a ser o maior. Eu ia à casa do Benfica na Suíça, lá na China ou onde fosse, e era uma multidão de pessoas que aguentava até altas horas da noite a chegada dos jogadores e dos dirigentes. Nós, com Preud'homme (que pegava todas as bolas, até nos treinos), Valdo, João Pinto, Nuno Gomes, estávamos em crise mas enchíamos os estádios de todo o país, de Guimarães a Faro. Era impressionante. Nunca vi nada igual. É o maior clube do mundo e olha lá que já estive no Corinthians, que tem a torcida mais fiel do Brasil.

Tem alguma história curiosa no Benfica?

Logo nos primeiros dias, estava a arrumar o meu cacifo e pedi um durex [fita-cola no Brasil] à dona Paula. Ela ficou brava comigo, cara! Não sabia que Durex era camisinha [preservativo].

Já voltou a Portugal?

Fui a Lisboa no primeiro Rock in Rio [2004]. Visitei o novo Estádio da Luz, claro, e disse fita- -cola, claro. Nem imagina o carinho dos adeptos. Parei muitas vezes na rua para dizer olá e conversar sobre um jogo ou outro.

Entrevista completa para ler no jornal I

Ai Ai M.S.T.

"Se ficarmos fora do Mundial não é porque não tenhamos equipa para lá estar. É porque a cultura do remate para golo não existe no nosso futebol. Somos óptimos a fintar, a simular, a fazer tabelinhas, a fazer circular a bola, a arrancar toques e números circenses que entusiasmam a plateia. Mas rematar à baliza para marcar golo, e não apenas por rematar, isso não sabemos fazer. Na hora de matar a jogada e o jogo, somos absolutamente indigentes, incompetentes. Eu, se fosse seleccionador, preocupava-me muito pouco com tácticas e estratégias e losangos e linhas de passe e tudo o resto: gastava quatro quintos de cada treino a ensaiar remates à baliza até os jogadores suplicarem misericórdia, mas aprenderem de olhos fechados a dimensão da baliza, a sua localização na hora do remate, a posição do corpo ao chutar, etc. — noções básicas e essenciais do jogo que qualquer profissional devia saber. A coisa mais banal de ver num jogo de futebol em Portugal é ser aceite com toda a normalidade (a começar pelos próprios jogadores) que 80 por cento dos remates à baliza não acertem no alvo — como se ele não tivesse 9,15 de comprimento por 2,30 de altura."


Miguel Sousa Tavares no seu estilo único hoje no jornal A Bola.
Olha, Miguel tudo muito bonito mas aqui na minha terra a baliza tem 7,32m de largura e 2,44m de altura...

Hoje há Treino Aberto ao Público

Os encarnados regressam hoje ao trabalho, pelas 17h30, no Caixa Futebol Campus. No rescaldo da dupla folga concedida, Jorge Jesus decidiu abrir as portas do treino na íntegra, pelo que sócios e adeptos terão novamente oportunidade de ver os craques de perto. As águias preparam a complicada deslocação de domingo ao Restelo.
Este treino já conta com o regresso de Ramirez e os jogadores que foram à selecção de Sub 21 (Miguel Vítor e Fábio Coentrão).