Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Rumo ao Tetra

Red Pass

Rumo ao Tetra

Um Novo Vídeo Daquele Benfica - Marselha de 1990

1989 1990 SL Benfica Marselha 6.jpg

 Sabem aquele jogo de 1990 em que o Benfica ganhou ao Marselha com um golo do Vata carimbando o regresso a uma final da Taça dos Clubes Campeões Europeus? Esse mesmo, o tal que quem o viveu na Luz nunca mais esquecerá.

Pois bem, há agora um novo vídeo de origem francesa com toda uma nova perspectiva vista de fora para dentro.

É ouro audiovisual:

 

 

 

Perceber a Importância do Actual Momento Recordando os Anos Negros

2016-04-28-jose-calado-paulinho-santos-benfica-fc-

 

Como benfiquista da geração de 70, sinto-me na obrigação de aproveitar o fabuloso trabalho que tem sido feito ao nível de vídeos por benfiquistas que visam manter a memória audiovisual do nosso clube e mostrar aos mais novos o que não viveram de bom e de mau.

Felizmente, hoje vivemos dias de entusiasmo com o nosso futebol, estádio cheio, exigência máxima, e estamos habituados a vencer jogos e a ganhar títulos.

Porque queremos manter este ciclo muito tempo, é importante que se perceba o que penámos para aqui chegar. Mais importante, contextualizar as queixas e criticas dos rivais.

Para isso, temos que aproveitar o trabalho do incansável DFernandes.

Para os mais novos que tiveram a sorte de não viver o clube entre 1994 e 2004, façam um favor a vocês próprios e tirem umas horas da vossa vida para perceberem bem o quão felizes são em estar a viver o oposto que todos nós vivemos com angustia.

 

Para ajudar a contextualizar antes da visão, reparem bem nos primeiros 8 minutos da peça para entenderem o que era controlar árbitros e a impossibilidade de ganhar um clássico. Vejam o que era pressionar equipas de arbitragem e o que era mau perder. Parece impossível mas aconteceu mesmo, é só ver com atenção as imagens. Quando ouvirem portistas a queixarem-se de sistemas e arbitragens, voltem a ver estas imagens e riam-se muito. Mas riam mesmo porque eu levei anos da minha vida a pensar que nunca mais veria o Benfica ganhador.

Depois, percebam que Calado foi um excelente jogador, que João Vieira Pinto foi um ídolo. Vejam com muita atenção as imagens do Estádio da Luz vazio. Nem o Bayern de Munique trazia os benfiquistas à Catedral.

Reparem como mesmo neste período negro continuámos a ganhar ao Sporting com regularidade, um pingo de orgulho que sobrava para os derbys.

Nem tudo foi mau, os piores equipamentos da nossa história foram usados com Vale e Azevedo.

 

Vejam e divulguem para entenderem o quanto é histórico o momento que vivemos. Ver o circo verde depois de ver o que nós passámos é mesmo para rir. Ver azuis a reclamarem de arbitragens é um milagre que até 2004 ninguém acreditava que pudesse acontecer.

Vejam bem o que sofremos, ou para os de memória mais curta, lembrem-se onde andou o nosso Benfica. Por culpa própria e por força exterior.

 

 

 

Os jogos do Benfica em Chaves

0001hr67.jpg

 1985/1986 Chaves 0 - 1 Benfica

10ª jornada

10 de Novembro 1985

Bento (cap); Samuel, Veloso, Oliveira e Álvaro; Shéu, Diamantino, Carlos Manuel e Nunes; Nené (Pietra 66') e Manniche (Bastos Lopes 85')

Treinador: Mortimore

Golo de Nunes aos 19'

O Benfica terminou em 2º lugar, o Chaves em 6º.

 

 

 

1986/87

8ª jornada

19 de Outubro de 1986

Chaves 1 - 2 Benfica

Silvino; Veloso, Oliveira, Dito e Álvaro; Sheu (cap.) (Zivkovic 57'), Carlos Manuel e Wando; Diamantino (César Brito 75'), Rui Águas e Chiquinho

Treinador: Mortimore

Golos: Rui Águas 26', Radi 41', Manniche 61'

 

O Benfica foi campeão e o Chaves ficou num incrível 5º lugar europeu!

 

1987/88

7ª jornada

11 de Outubro

Chaves 1 - 0 Benfica

Silvino; Veloso, Edmundo, Mozer e Álvaro; Shéu (cap); Diamantino, Carlos Manuel e Wando (Chiquinho 80'); Magnusson e Rui Águas (Tueba 57')

Treinador: Skovdahl

Golo: Júlio Sérgio de penalti aos 89'

Benfica acabou em 2º, o Chaves em 7º

 

 

1988/89

33ª jornada

9 de Abril de 1989

Cahves 0-2 Benfica

Silvino; Veloso (cap), Mozer (Samuel 40'), Ricardo e Fonseca; Garrido, Paneira, Valdo, Ademir e Abel; Magnusson

Treinador: Toni

Golos: Ricardo 15' e Ademir 17m

O Benfica foi campeão e o Chaves terminou em 13º.

 

 

 1989/1990

9ª jornada

19 de Novembro de 1989

Chaves 0-0 Benfica

Silvino; José Carlos, Samuel, Aldair e Veloso (cap); Thern; Paneira, Valdo e César Brito (Pacheco 72'); Abel (Vata 45') e Magnusson

Treinador: Eriksson

Benfica acabou a liga em 2º e o Chaves repetiu o fantástico 5º lugar.

 

 

1990/91

32ª jornada

13 de Abril de 1991

Chaves 0-3 Benfica

Neno; José Carlos (Magnusson 59'), Ricardo, William e Veloso (cap); Thern; Paneira, Valdo e Pacheco (Sousa 78'); Rui Águas e César Brito

Treinador: Eriksson

Golos: Magnusson 74', Pacheco 77' e Thern 87'

O Benfica foi campeão e o Chaves 8º.

 

 

1991/92

26ª jornada

30 de Abril de 1992

Chaves 1-0 Benfica

Neno, José Carlos (expulso aos 38'), Paulo Madeira, William e Veloso (cap); Rui Costa (Rui Águas 76'), Sousa , Schwarz e Pacheco; Isaías e Magnusson

Treinador: Eriksson

Benfica terminou em 2º lugar e o Chaves em 9º

 

 

1992/93

29ª Jornada

2 de Maio de 1993

Chaves 0-1 Benfica

Silvino; Veloso (cap), Hélder, Mozer (William 34') e Schwarz; Paneira, Rui Costa, Sousa (expulso aos 80') e Pacheco; Futre (João Pinto 59') e Yuran (expulso aos 80')

Treinador: Toni

O Benfica acabou em 2º lugar no campeonato e o Chaves desceu de divisão terminando na última posição

À falta de resumo do jogo de Chaves deixo as imagens da partida da 1ª volta na Luz:

 

 

1994/95

25ª jornada

19 de Março de 1995

Chaves 0-1 Benfica

Neno; Veloso (cap), William, Paulo Pereira (expulso aos 73') e Dimas; Paneira (Abel Xavier 67'), Paulo Bento e Nelo (Stanic 58'); Edilson e João Pinto; Cannigia (expulso aos 75')

Treinador: Artur Jorge

Golo: Edilson 69'

O Benfica terminou em 3º, o Chaves em 14º

 

 

1995/96

8ª jornada

22 de Outubro de 1995

Chaves 1-2 Benfica

Preud'Homme, Marinho (Paulão 29'), Hélder, Ricardo e Dimas, Paulo bento, Valdo, Panduru (Bruno Caires 83') e Edgar (Luiz Gustavo 64'); João Pinto (cap) e Hassan

Treinador: Mário Wilson

Golos: Rui Loja 68', Valdo 75' e Hassan 78'

O Benfica acabou em 2º lugar e o Chaves em 15º

 

 

1996/97

22ª jornada

1 de Março de 1997

Chaves 3-1 Benfica

Preud'Homme; Amaral, Jorge Soares, Bermúdez e El Hadrioui (Pauloão 69'); Tahar e Bruno Caires (Panduru 45'); Edgar, Valdo e João Pinto (cap); Akwá (Mauro Airez 74')

Treinador: Manuel José

Golos Miner 24', Jorge Soares 46', Dani Diaz 55' e Milinkovic 84'

Benfica acaba em 3º e o Chaves em 10º

 

 

1997/98

8ª jornada

1 de Novembro 1997

Chaves 0-1 Benfica

Preud'Homme; Sousa (Jordão 73'), Ronaldo, Gamarra e El Hadrioui; Tahar, Calado , Sanchez (Pringle 58') e Panduru (Taument 83'); João Pinto (cap) e Nuno Gomes

Treinador: Mário Wilson

Golo: Calado 14'

O Benfica ficou em 2º lugar, o Chaves em 16º

(este jogo ficou marcado pela chegada de Vale e Azevedo e Souness)

 

 

1998/99

15ª jornada

14 de Dezembro de 1998

Chaves 0-4 Benfica

Ovchinnikov, Tahar, Paulo Madeira, Ronaldo e Minto (Luís Carlos 76'); Thomas, Poborsky, Calado e Hugo Leal (Kandaurov 76'); João Pinto (cap) (Pringle 52') e Nuno Gomes

Treinador: Souness

Golos: Nuno Gomes 9', 27' e 68', Tahar 48'

O Benfica acabou em 3º, o Chaves em 17º

Este jogo foi interrompido devido ao nevoeiro e continuou no dia seguinte. Nuno Gomes marcou nos dois dias.

 

 

 

Benfica - O Filme da Temporada 1993/94

1993 1994 Título 1.png

 Continuo a divulgar os filmes do DF Dois no YouTube. Hoje 2 horas e meia sobre a grande época 1993/94. A tal em que o Sporting veio tentar, mais uma vez, desviar o melhor que o Benfica tinha. Como sempre correu mal para eles. A história de uma aventura que ficou marcada por aqueles 3-6 mas que teve muitos outros pontos de interesse:

 

Benfica 1988/89 - A História da Temporada

Sport Lisboa e Benfica - 1988-89 - Campeão Nacion

Está descoberto um filão no YouTube, o user DF Dois devia ser já proposto para receber um galardão na próxima gala do Benfica! Está a fazer um trabalho inestimavel ao construir filmes sobre épocas míticas do Glorioso.

Hoje partilho aqui o seu trabalho sobre a temporada 1988/89. Mais de uma hora e 40 minutos com a equipa guiada por Valdo:

 

O Maravilhoso e Épico Filme sobre o Benfica 1982/83

benfica 1982 lsl.jpg

 Estás de férias em tens um tempo extra para ver um filme que podem ser umas das melhoras horas da tua vida? Viveste a épica época 1982/83 e ainda hoje sabes a equipa tipo de cabeça? Não viveste mas queres perceber porque é que há tantos benfiquistas ainda fascinados com estes tempos?

Então vejam o melhor vídeo dos últimos tempos sobre a mágica temporada 1982/83. São mais de 2 horas. Se não estiveres de férias arranja tempo.

 

 

Que a Tradição do Dia 24/4 se Mantenha

 Benfica-beat-Juventus.jpg

O dia 24 de Abril marca o meu aniversário. Se no resto do ano tenho que gerir convites para jantares e almoços de anos de amigos e familiares que festejem em dia de Benfica, no meu dia tudo se resolve facilmente. Se o dia é meu, eu é que decido. A decisão só pode ser ir ver o Benfica. Dificilmente se escolhe um sitio melhor para se estar no dia de aniversário do que estar a ver o nosso clube jogar.

 

Desde 1973 não foram muitos os jogos que calharam a 24 de Abril, mesmo assim já há uma lista curiosa que amanhã conhece nova entrada. O balanço é muito positivo, sendo o jogo com a Juventus, a goleada com o Olhanense e a vitória no Algarve ao Estoril os jogos mais especiais. 

 

Em 1977 na 25ª jornada o Benfica goleou o Portimonense por 5-1. Golos de Chalana, Nelinho, José Luís, Shéu e Nené, pelo Benfica. Fernando marcou pelos algarvios treinados pelo nosso campeão europeu, José Augusto. Acabámos campeões nacionais.

 

pacoecia.jpg

Em 1988 o Benfica perdeu em Faro. Aconteceu na ressaca da grande noite europeia vivida na Luz quatro dias antes quando o Benfica garantiu o regresso à final da Taça dos Campeões batendo o Steua de Bucareste. 

Na 31ª jornada de um campeonato já dado como perdido para o Porto, o Benfica jogou com Silvino; Carlos Pereira, Dito, Edmundo e Fonseca; Shéu (capitão); Diamantino, Nunes (Wando 45') e Chalana; Chiquinho e Pacheco ( Tó Portela 72').

Toni era o treinador e o Farense ganhou por 1-0, golo de Ademar aos 14'. 

 

Em 1999 houve clássico no meu dia de anos. Na fase negra do Benfica salvou-se um empate 1-1 na Luz depois do Porto ter estado em vantagem antes do intervalo quando Zahovic fez o 0-1. Resposta na 2ª parte com um golo de Bruno Basto aos 48'. Antes, Nuno Gomes tinha falhado um penalti aos 17 minutos. O Benfica de Souness alinhou com Preud'Homme; Sousa, Paulo Madeira, Ronaldo e Harkness; Poborsky (Saunders 65'), Andrade (Kandaurov 60'), Calado e Bruno Basto; Nuno Gomes (Cadete 65') e João Pinto.

 

Em 2004 primeiro dia de aniversário passado no novo estádio. Vitória tranquila contra o Estrela da Amadora por 3-1. Camacho escolheu a seguinte equipa: Moreira; Armando, Luisão, Ricardo Rocha e Fyssas; Miguel, Fernando Aguiar (Zahovic 81'), Manuel Fernandes e João Pereira (Tiago 67'); Sokota (Geovanni 67') e Nuno Gomes (capitão). 

Marcaram Nuno Gomes de penalti, Sokota e Miguel pelo Benfica, Davide fez o golo do Estrela. 

Pouco tempo depois o Benfica regressava à conquista de troféus batendo o Porto no Jamor na final da Taça de Portugal. 

 

 No ano 2005 o famoso jogo no Algarve contra o Estoril aconteceu no meu dia de anos. Vitória arrancada a ferros depois de estarmos a perder 1-0 com golo de Paulo Sousa aos 12'. Luisão empatou aos 76' e Mantorras deu a vitória aos 82'.

Trapattoni fez alinhar: Moreira; João Pereira, Luisão, Ricardo Rocha e Fyssas (Karadas 52'); Petit e Bruno Aguiar; Geovanni (Carlitos 62'), Nuno Assis (Mantorras 32') e Simão; Nuno Gomes. Foi o ano em que voltámos a ser campeões. 

 

Já em 2010 o caminho para o título estava aberto e no dia 24 de Abril recebemos e goleámos o Olhanense por 5-0. Três golos de Cardozo, Di Maria e Aimar marcaram os outros. O campeonato foi conquistado semanas depois em casa com Rio Ave, o primeiro de Jorge Jesus. Aqui podem recordar a crónica do jogo.

 

Em 2014 aconteceu magia. A Juventus veio à Luz jogar a primeira mão das meias finais da Liga Europa e o Benfica resolveu dar uma prenda inesquecível, uma vitória por 2-1 com um golão de Lima na baliza onde costumo ver os jogos. Depois em Turim confirmou-se a passagem à final que ia ser jogada no estádio da Juventus. Uma noite memorável.

 

Que se cumpra a tradição de felicidade no dia 24.