Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Rumo ao Tetra

Red Pass

Rumo ao Tetra

O Puto Horta Voltou ao Benfica!

1053361.jpg

Quando o futebol proporciona momentos de emoção por boas razões atinge o topo da escala das coisas bonitas da vida. O André Horta está a viver o sonho de voltar ao seu clube e ter a oportunidade de jogar pela equipa principal de futebol do Benfica.

Nós adeptos que gostamos de acompanhar a vida do clube escrevendo e dizendo o que nos vai na alma em público também vibramos com estes momentos. 

Ocasionalmente dá-se a felicidade de assistirmos à ascensão de um dos nossos a vestir o manto sagrado e a representar a nossa paixão com profissionalismo no relvado. De vez em quando, há um puto que vai viver o nosso sonho de jogar pelo Sport Lisboa e Benfica. 

Já aqui contei a história do Pimenta, meu colega de turma que veio da Póvoa de Varzim para Lisboa para jogar no nosso clube. 

 

Desta vez o contexto é diferente mas o sentimento é o mesmo. 

Não vou estar com meias palavras ou a esconder o óbvio. Conheço o puto André pessoalmente. Parece que me dou com ele há muito tempo porque já seguia a carreira dele como jogador mas pessoalmente só nos conhecemos numa viagem a Oliveira de Azeméis para irmos apoiar o hóquei do Benfica. 

Nem seria preciso dizer muito mais. Só este contexto já dá para perceber a paixão do puto pelo clube. Mas podia ter sido um episódio especial e ter acontecido por acaso. Não foi. O André adora as equipas das modalidades do Benfica e gosta de as apoiar ao vivo sempre que pode. É fácil encontrar fotos e imagens dele nos nossos pavilhões nas diversas modalidades.

 

Conheci o André como tenho conhecido quase todos os meus bons amigos ao longo de anos, através da dedicação ao Benfica. O que me une a muitos bons amigos é o amor em comum que temos ao Sport Lisboa e Benfica. Tem sido assim desde criança. Felizmente, continua a ser assim depois dos 40 anos. Continuo a conhecer e a acrescentar às minhas amizades pessoas incríveis, mais velhas, da mesma idade ou muito mais novas. Os mais velhos não me acham demasiado desconhecedor da nossa gloriosa história e são generosos ao ponto de partilharem benfiquismo de outros tempos, os mais novos não me acham demasiado cota e arrogante por já ter vivido mais Benfica do que eles e dão-me o privilégio de rejuvenescer o meu benfiquismo.

 

O André Horta como jogador é um talento promissor. Tem pinta de "10" mas ocupa bem a posição "8", pode até ser utilizado a segundo avançado e tem características para poder ser aproveitado na ala esquerda a entrar para o meio. Provou que tem valor na primeira parte do campeonato quando Vitória de Setúbal de Quim Machado foi uma das agradáveis surpresas da Liga. É jogador de Selecção como se viu agora no Torneio de Toulon onde foi o capitão de equipa, deixou um belo golo no registo do 3º classificado da competição. 

 

Nos últimos meses partilhámos conversas em jantares, pelos chats de redes sociais e nos nossos pavilhões. Sempre bem disposto, de piada fácil, bom humor e preocupado com o nosso clube. É um puto educado, bem resolvido, com amizades de ferro ( olá irmãos Guarda ), com uma bonita relação com os pais, descomplexado com o seu benfiquismo, ambicioso e com grande auto confiança. Esta é uma opinião muito pessoal e que partilho porque acho que não estou a derrubar nada de inconfidencial.

Falámos muitas vezes na brincadeira que ele tinha de ir jogar para o Glorioso. Por mim, fazia sentido e era um desejo que podia ser bem real. O Benfica está a apostar nos jovens, o André foi formado pelo Benfica, o nosso treinador deu um recital de competência no capítulo de lançar miúdos e não havia no mundo jogador que desejasse tanto a nossa camisola como o André. 

 

Fico duplamente feliz, por ver o meu clube dar a oportunidade a um dos seus jovens talentosos e pelo André. Também pelo Ricardo Horta, igualmente benfiquista que é o "10" do Málaga, pelos pais do André e pelos amigos em comum que temos e que lhe são bem mais chegados. 

Não sei se o André vai conseguir o lugar no plantel que tanto ambiciona, não sei qual é o futuro imediato dele mas tenho a certeza absoluta que vai dar tudo para cumprir o seu sonho, para nos deixar orgulhosos na bancada e, mais importante do que tudo, vai continuar a ser um adepto e companheiro de luta pelo Benfica. Nós ficamos todos a torcer, não é todos os dias que um puto da nossa bancada vai lá para o baixo para o relvado representar a alma benfiquista.

 

André, o teu sonho não acabou aqui. Começa agora e está nas tuas mãos. É para fazeres parte do plantel.

Entreguem a "10" ao Horta. O nosso orgulho será tão grande quanto a nossa exigência. Mas isso já tu sabes. 

4 comentários

Comentar post