Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Tetra Campeões

Red Pass

Tetra Campeões

Benfica 2 - 0 Rio Ave: Na Tal Posição Tão Desejada - 1º

_JPT4015.jpg

 Parece tão simples e até acontecer é sempre tão difícil. Falo em resolver o jogo com o Rio Ave depressa para que nem cresça a motivação no adversário nem a ansiedade no Benfica. Ao intervalo o 2-0 parecia-me ser o melhor resultado do mundo. Era só isto que se pedia para hoje, 3 pontos.

De preferência, sem sobressaltos.

O primeiro golo surgiu , relativamente, cedo com uma exemplar pressão do Benfica sobre a saída de bola do Rio Ave. Sobrou para Mitroglou que justificou a surpreendente chamada ao onze no lugar de Raul.

Os mais de 51 mil adeptos na Luz suspiraram de alivio. Sentiu-se que se ia cumprir mais uma etapa na maratona.

Um jogo às 18h a meio de uma semana de trabalho podia ser uma bela desculpa para um estádio vazio. Aconteceu a pior assistência da época em casa para o campeonato, estiveram "só" 51 mil adeptos no estádio. A cultura de vitória já passou para o lado das bancadas, a nossa casa voltou a estar à altura da grandeza do clube.

 

Após uma boa reacção do Rio Ave com bons períodos de futebol e posse de bola, confirmando o excelente momento de forma da equipa de Vila do Conde, o Benfica soube chegar ao intervalo com uma vantagem ainda mais confortável, graças a uma bela jogada que acaba com um golo de Pizzi cheio de classe.

 

(Fotogaleria de João Trindade)

 

Foi o último jogo na Luz para o campeonato em 2016, era importante gerir a vantagem sem correr riscos. A exibição do 2º tempo não foi empolgante mas acabou por ser eficaz e o objectivo principal foi cumprido, somar mais 3 pontos.

O Natal, finalmente, pareceu ser uma data simpática, a pausa do campeonato ganhou outro encanto, o frio de Lisboa na primeira noite de inverno até ganhava um certo charme, o trânsito à saída do estádio até... Bem, o trânsito tem sido insuportável, nem a vitória do Benfica evita o desespero na estrada.

 

O irónico deste jogo é que depois de tanto choro azul e verde, de tanta reclamação e acusação do Benfica ser beneficiado, fomos contemplados com um festival de arbitragem à moda antiga. Como não quero entrar em modo de ruído, só deixo esta questão: se aquele atropelamento ao Gonçalo não é penalti, então não podemos levar a sério critica nem queixa nenhuma de ninguém. Ridículo.

 

Fechámos um ciclo exigente isolados na frente do campeonato. Vem aí o mercado de transferências, vai aumentar o lote de escolhas do treinador com a recuperação de lesionados, Jonas está aí, a base tem funcionado muito bem e o futuro parece risonho.

Tranquilamente no primeiro lugar no final de 2016, desejo um bom natal a todos os leitores.

Venha a Taça da Liga.

5 comentários

Comentar post