Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Red Pass

Tetra Campeões

Red Pass

Tetra Campeões

Benfica 0 - 3 Sporting: Minuto 70

CSMXJCTW0AAhH4t.jpg

Sei tudo sobre derbys. Sobre o antes, o durante e o depois. De derbys decisivos no fim da temporada, de derbys na primeira volta, de derbys que nos correm muito bem e alguns que nos correm muito mal. Obviamente, hoje foi muito mau.

Jogo decidido em pouco menos de meia hora e o Benfica a voltar a perder em casa já nem sei quanto tempo depois.

Claro que esta terceira derrota no campeonato foi a pior de todas, porque foi na Luz, porque foi contra o rival e porque vem deitar por terra todo o capital positivo acumulado até agora. Esta foi, praticamente, a mesma equipa que brilhou em Madrid, hoje não conseguiu responder a três golos. Nem em Madrid estava tudo bem, nem hoje está tudo mal.

O jogo foi resolvido tão cedo e de maneira tão clara que não vale a pena estar para aqui com grandes teorias. Quem perdeu, perdeu bem. Quem ganhou, ganhou bem.

 

O que me marcou nesta triste noite foi o minuto 70 quando todos percebemos que nada de bom íamos levar para casa neste domingo, os adeptos do Benfica de maneira incrível e espontânea devolveram o orgulho a uma equipa que nos últimos anos tantas vezes nos deixou em êxtase. O grito "Eu amo o Benfica" em todo o estádio à volta de uma equipa destrocada por uma primeira parte horrível foi mais uma resposta dos benfiquistas que gostam de mostrar o orgulho de ser deste clube. Nestas alturas é que estas manifestações são verdadeiramente arrepiantes. Quando estamos a ganhar é fácil, quando estamos ko é de muito valor.

É isto que levo deste jogo que não me deu absolutamente nada de bom. Felizmente, não são muitos os derbys que eu associe a noites negras mas aqueles que ficam nessa lamentável caixa de recordações têm sempre características horríveis.

Que a Taça de Portugal sirva para repor a nossa boa disposição, é o mínimo que peço depois de mais uma demonstração de amor incondicional ao Benfica.

 

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/2