Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Tetra Campeões

Red Pass

Tetra Campeões

Estoril 1 - 2 Benfica: Mais Perto do Jamor em Dia de Aniversário

mitroglou estoril.jpg

 Passo largo para a final do Jamor, deu o Benfica na visita ao Estoril. Já ali tinha eliminando o 1º Dezembro pelo mesmo resultado e vencido o Estoril para o campeonato pela margem mínima. Agora, garantiu vantagem na eliminatória a duas mãos que decide o apuramento para a desejada tarde no Estádio Nacional.

 

Ao sair das bancadas ia ouvindo o lamento de vários companheiros mais novos pela exibição do Benfica não ter sido melhor em dia de aniversário do clube. Percebo. Ainda bem que estamos assim. A exigência no Benfica voltou a estar ao mais alto nível mas é preciso não perder o fio do pensamento racional. Neste contexto de Taça de Portugal, o resultado é óptimo e o Benfica cumpriu a sua tarefa de equipa favorita. Pode ser sempre melhor, em termos de golos e de exibições, colectiva e individual.

 

Permitam-me que introduza aqui duas histórias pessoais relacionadas com jogos do Benfica em dia de aniversário e em dia de Carnaval.

A 16 de Fevereiro e 1999 celebrava-se mais uma 3ª feira de carnaval, o Benfica vinha de uma derrota desmoralizadora para o campeonato no Funchal com o Marítimo, marcou Tulipa, e a vontade de ir ver o segundo jogo da equipa na Taça de Portugal dessa época era nula. O Benfica tinha afastado a Académica por 4-1 em Janeiro, na 4ª eliminatória, a primeira para nós, e agora tinha de ir ao Bonfim na 5ª eliminatória. O jogo estava marcado para a noite. Acontece que à tarde o Torreense foi pregar uma impensável partida de Carnaval ao Porto em pleno estádio das Antas. Cláudio Oeiras fez um golo histórico que eliminou o Porto. Isto fazia esquecer o último jogo do Benfica e a motivação para ir a Setúbal ver o Benfica subiu em flecha. De repente parecia perfeitamente possível vencer a Taça.

Lá fui eu mais um grupo de amigos à última da hora para o Estádio do Bonfim. Chiquinho Conde aos 16' e Chipenda aos 89' acabaram com a nossa alegria de Carnaval. Um jogo horrível do Benfica de Souness.

 

No dia 28 de Fevereiro de 2004 o Benfica festeja o seu centenário. A 24ª jornada do campeonato era na Luz entre Benfica e Moreirense. Parecia tudo perfeito para largar um fogo de artificio no final da partida e assinalar a data histórica em ambiente de festa. Lá fomos para o Estádio da Luz, já o novo, com vontade de ver uma vitória convincente que nos desse motivação para assinalar com felicidade os 100 anos do clube. O Benfica de Camacho fez o 1-0 aos 54' por Fernando Aguiar. Pelo tempo e marcador já se pode imaginar a qualidade da exibição da equipa. A 4 minutos do final, Demétrios faz o 1-1 estragando assim um dia tão especial para os benfiquistas. Não conseguimos bater o Moreirense em casa em dia de anos.

 

Por ter estas e muitas outras memórias bem arrumadas na minha cabeça é que dou sempre valor quando a equipa cumpre a sua obrigação nestas datas especiais.

Não foi uma exibição brilhante? Pois não, mas valeu pelo bis de Mitroglou que vive uma fase de sonho e que nós temos a felicidade de a estar a testemunhar. Hoje ficámos mais perto do Jamor e isso tem muito valor.

Dignificar o aniversário do Benfica é importante, nem sempre aconteceu, mas hoje temos motivos para sorrir.

Parabéns, Glorioso.