Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Tetra Campeões

Red Pass

Tetra Campeões

Barrosices

Era para ter comentado isto mas depois achei que nem valia a pena perder tempo.

Felizmente que existe o boloposte para fazer o que tem de ser feito, responder a um genial médico mas triste colunista:

 

Não faltejajaulas, Eduardo!

Hoje tropecei na cómica do Barroso n'A Bola. Fiquei com vontade de o esclarecer de algumas coisas. Cito de cor:

A confirmarem-se as notícias de que o S.L. Benfica se prepara para colocar uma rede no seu estádio, para delimitar a presença dos adeptos do Sporting Clube de Portugal [Alto lá com o umbigo, aquilo não é especial para vocês, é para todos os adeptos visitantes, OK?], que ficariam assim enjaulados, é bom recordar que este tipo de exclusão só é vista em meia dúzia de estádios em toda a Europa [Não sei se essa comparação com a meia dúzia é boa ou má… E se dissermos que só meia dúzia de estádios em toda a Europa são escolhidos para palco de finais de europeus? E se dissermos que nem meia dúzia de estádios em toda a Europa têm fosso? E quantas meias dúzias terão cadeiras às cores para parecer que a lotação está esgotada? E se dissermos que não vai demorar meia dúzia de anos até outros clubes nacionais decidirem imitar aquilo que o Benfica fez primeiro? Quanto vale a aposta?], particularmente naqueles onde os adeptos visitantes são conhecidos pelos seus actos de vandalismo [Ah, então dás razão à obra. You’ve been there, we’ve seen that. Só os estragos causados nas vossas visitas anteriores já justificavam tais medidas, mas a medida é mais lata que isso]. Esta intenção de nos colocarem numa jaula não augura nada de bom [Não bastava olhares para as duas equipas para perceberes isso? E não é uma jaula, é uma estrutura de segurança]. É uma provocação inútil numa altura e quem parecia haver um desanuviamento nas relações de todas as claques de clubes rivais [Desanuviamento? Ainda agora dois adeptos de uma claque lagarta foram atirados para o hospital, pá! Estou a dizer isto e estou quase a chorar!]. É também de lamentar que o número de bilhetes disponibilizados pelo Benfica não tenha sido maior, prenunciando um regime de reciprocidade no futuro [Custa muito entender que há clubes que têm mais sócios dos que lugares no estádio, enquanto outros têm mais lugares no estádio do que sócios?]. 
Mas talvez agora se perceba porquê… Com mais adeptos do Sporting na Luz, a jaula [Não é uma jaula, animal, é uma estrutura de segurança. Se se atirarem do terceiro anel atrás da camisola do Capel, não partem só os bracinhos, entendes?] teria de ser maior e o investimento muito mais caro. Nada disto ajuda a pacificar o futebol. O bom relacionamento entre os clubes não se apregoa. Pratica-se [E, com aquela estrutura de segurança, praticarás o bom relacionamento – quer queiras, quer não queiras].   
Também não gostei das declarações, infelizes, de Eusébio à revista Única, do Expresso [Sobre declarações infelizes és um expert, oiçamos-te com atenção]. Voltar a um passado longínquo, atribuindo ao Sporting (embora de Lourenço Marques) ligações à polícia e ao racismo, não faz agora qualquer sentido [O que lá vai, lá vai, sobretudo se não for conveniente]. O grande ex-jogador Eusébio (que eu muito admiro e de quem me considero amigo) devia era ter uma conversa particular com Javi García [E tu devias ter uma conversa particular com, por exemplo, o Balboa ou o Zoro]. Preocupar-se com o eventual racismo xenófobo presente [Conceito engraçado, este do racismo xenófobo. Se for contra pessoas da mesma nacionalidade, o racismo já não merece preocupação?]. Afinal o Sporting acabou de vir de Angola, onde foi convidado a participar no 36.º aniversário da independência daquele país! [Não estou a ver a relação… Isto vem a propósito de quê mesmo?] Parece que há clubes a querer a exclusividade das boas relações com África de língua portuguesa [Foi justamente o que pensei quando introduziste a martelo o convite para levar 4 na pá neocolonialista]. 
Não pode valer tudo [«Isso não se apregoa, pratica-se»]. Faço um apelo aos milhares de sportinguistas que vão deslocar-se ao Estádio da Luz. Temos de saber não responder às provocações [Com a estrutura de segurança, não tens de te preocupar com isso]. Que estupidez, quererem meter-nos numa jaula [Estrutura de segurança. E-s-t-r-u-t-u-r-a d-e s-e-g-u-r-a-n-ç-a. Que estupidez, não perceber isto]. Ainda acredito que prevaleça o bom senso [Só podes estar a falar do bom senso dos outros; no teu, nem tu acreditas].