Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Pass

Tetra Campeões

Red Pass

Tetra Campeões

Um ferido grave e seis ligeiros na queda de uma bancada no final do Benfica-Feyenoord


Uma das sete pessoas que ficaram ontem feridas ao caírem de uma das bancadas amovíveis instaladas para o Torneio do Guadiana em futebol está em estado grave, revelou a organização.
Através de um comunicado, a Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e a João Peres Sport, organizadores do Torneio do Guadiana, lamentaram a queda de uma prancha de uma das bancadas amovíveis instalada no complexo desportivo municipal, que provocou a queda e ferimentos em seis pessoas.

Inicialmente, a organização falou em cinco pessoas feridas e o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) deu conta de sete feridos ligeiros.

O incidente registou-se no final do encontro de abertura da prova, entre Benfica e Feyenoord (4-1), quando o público deixava uma das duas bancadas amovíveis instaladas propositadamente para o torneio, que estava situada no lado nascente do estádio.

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica esteve na localidade algarvia depois do acidente, constatou a Lusa no local.

"O incidente, que se deveu à queda de um degrau da bancada nascente, causou seis sinistrados com fracturas, um deles em estado grave, que prontamente foram socorridos pelas equipas da Cruz Vermelha Portuguesa, Protecção Civil, INEM e Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, que se encontravam no local, e posteriormente encaminhadas para o Serviço de Urgência Básica (SUB)" da cidade algarvia, informou a câmara e a João Peres Sport no comunicado.

Segundo a mesma nota, "o presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Luís Gomes, determinou de imediato a abertura de um inquérito para apuramento de responsabilidades" e "a Comissão de Inquérito será constituída por um técnico da autarquia vila-realense, um técnico da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e outro técnico do Instituto de Desporto de Portugal (IDP)".

A autarquia informou ainda que para hoje "está marcada uma conferência de imprensa, às 12h00, no Complexo Desportivo de VRSA, onde será feito um ponto de situação".

Lusa

Palavra de Redknapp

O Benfica é um Clube muito grande e tem uma tradição fantástica. Eu vejo os jogos e no Estádio da Luz a atmosfera é inacreditável. Eles jogam muito bem, por isso vai ser um jogo muito difícil e acredito que vai ser interessante. Em Portugal há grandes equipas… O FC Porto é bom, jogam bem, mas o Benfica é o melhor”, afirmou o técnico do Tottenham.


Redknapp ainda teceu rasgados elogios à “pantera negra”: “O Eusébio era um jogador fantástico! Terminou a carreira nos Estados Unidos da América, em San José… Um grande do desporto, um óptimo futebolista, que jogou na altura do Pele.”

Bola do campeonato será branca (obviamente, digo eu)


A bola oficial dos campeonatos profissionais de futebol para esta época será branca. A Liga oficializou na manhã desta sexta-feira a mudança da cor do esférico, depois de a bola cor-de-laranja ter merecido críticas dos operadores televisivos e de um grupo de daltónicos.

Em comunicado, a Liga Portuguesa assume que "os jogos da Liga Zon Sagres, Liga Orangina e Taça da Liga da época 2010/2011 serão jogados com a bola Jabulani de cor branca". "A bola de cor laranja poderá manter-se em utilização nas demais actividades regulares dos clubes, uma vez que tecnicamente é igual à bola utilizada no Campeonato do Mundo de 2010", acrescenta ainda em comunicado o organismo que tutela as competições profissionais de futebol.

As novas bolas serão entregues aos clubes a partir da próxima quinta-feira, 5 de Agosto, e já serão utilizadas nos jogos da primeira jornada dos campeonatos profissionais.

A decisão da Liga surge na sequência de um conjunto de protestos dos operadores televisivos, que consideraram que a cor não era adequada para as transmissões, e também de daltónicos, que se queixavam que a cor da bola a tornava invisível a quem sofre de deuteranopia, uma variante da doença que torna irreconhecível cores como o vermelho e o laranja.

Para os portadores desta disfunção, o esférico é verde, da mesma cor do relvado, o que provoca confusão para quem assiste às partidas, no estádio, mas também nas transmissões televisivas.

A Liga Portuguesa foi sensível aos argumentos e prometeu, há duas semanas, que encontraria uma solução, prevendo mudar a cor do esférico em Novembro. Um acordo com a marca que fornece o material desportivo para as competições nacionais permitiu, no entanto, fazer a alteração a tempo da primeira jornada do campeonato de futebol.

 

 

in Público

Ainda não "Enterraram" Roberto e Já Querem "Matar" Gaitán ?!

Eu ando há dois meses a ler a imprensa sobre o Benfica. Já assinaram pelo Benfica dezenas de jogadores, já saíram outros tantos, o Roberto é o pior guarda redes da história, meia equipa quer sair do Benfica para o estrangeiro. Enfim, tem sido uma festa. Eu não sou de estragar festas e por isso tenho me limitado a actualizar o blog com factos relevantes como sejam as vitórias sucessivas, e já habituais, do nosso Benfica em tudo o que é torneio. Como este ano não podem vir com a conversa que só somos campeões de pré época tem sido tudo muito mais divertido. É que apesar de todos estes "problemas" que a imprensa vê no Benfica eu não me sinto minimamente preocupado. Primeiro porque ainda ando a celebrar o magnifico 32º título conquistado, segundo porque estamos em tempo de verão de divertimento, festivais de música, petiscos com cerveja e só há motivos para sorrir. Mas como as vitórias teimam em continuar do lado do Benfica então há que partir para o desespero. Agora é o Gaitán que é um problema do caraças para nós. Saúdo a capacidade de improviso do jornal I:

Gaitán. Que seja Zurdo e mudo, ainda vá. Cego é que não

por Pedro Candeias, Publicado em 29 de Julho de 2010  |  Actualizado há 15 horas

Nicolas Gaitán veio para o posto de Di María mas não foi feito para correrias ao longo da linha. Ele tem os olhos no lugar de Aimar

À primeira vista, Nicolas Gaitán é tudo o que um treinador quer de um jogador. Porque é um talentoso internacional argentino e a prova disso é que a sua saída do Boca Juniors não foi bem digerida pelos hinchas; porque tem 22 anos, um miúdo, e tempo não lhe falta para trabalhar o talento. Porque é humilde ao ponto de não ter deixado de usar os transportes públicos quando assinou pelo Boca e por isso não se deixará levar pelos excessos da juventude. Está tudo ali, interligado e atadinho num nó naquele corpo pequeno (1,73 m), franzino (67 kg) mas ágil. Mas há uma ponta solta no meio disto tudo: precisamente o facto de ele não gostar de jogar como ponta. Não de lança, mas esquerda. Ao "La Nación", da Argentina, Gaitán confessou-se: "Na linha tenho de correr muito." Pois.

E AGORA? Ora isso não seria um problema se ele não tivesse sido contratado para o lugar de Angel Di María. Mas foi. E apesar de a pré-época ter arrancado bem, com toques e fintas de craque, a verdade é que o homem tem vindo a perder gás à medida que as exigências físicas e, sobretudo, tácticas, se têm sobreposto ao jeito natural para a coisa. E quem se ressente disso é o Benfica de Jesus, habituado a um modelo em losango que contempla uma esquerda em linha recta e uma direita de cobertura. Portanto, num meio-campo que tem ou Martins, ou Ruben Amorim, ou Ramires, ou Aimar, a tendência é clara: centrismo. E com Gaitán, el Zurdo (canhoto), lá metido, o futebol encarnado é rendilhado, sim, tecnicamente evoluído, também, mas também mais previsível e escasso em velocidade. E em explosões no um-para-um. Que é como quem diz, o Benfica está à míngua de alguém que vá à linha e cruze para o centro da área contrária, como um extremo que se preze, à antiga. E é um novo defesa-esquerdo que tem cumprido essa tarefa na ausência de um Angel Di María.

TEMPERO Quem mesmo? Fábio Coentrão, pois claro. O homem-surpresa do Mundial, por ser um rompedor nato, é quem tem feito às vezes as vezes de Angel Di María. No último jogo do Benfica, foi do pé dele que saiu o cruzamento para o golo de Cardozo - OK, não foi à linha de fundo - e outras tantas iniciativas pelo corredor. Do plantel encarnado, percebe-se então que é Coentrão, um extremo de origem, originalmente transformado num defesa por Jorge Jesus, o mais apto a funcionar como o Angelito.

E como o agora jogador do Real Madrid há poucos, é verdade, e Gaitán tem é os olhos postos no lugar de Pablo Aimar, o Benfica poderá ter um problema entre mãos: ou Jesus o trabalha para alinhar como extremo-esquerdo à imagem de Di María e é bem-sucedido nessa tarefa, ou o clube vê-se tentado a ir ao mercado para preencher a vaga. Porque, é certo, Coentrão já não sai lá de trás porque foi assim que se deu a conhecer ao mundo no Mundial; e César Peixoto por mais fé que tenha - ou melhor, por mais vontade que Jesus tenha nele - não tem rotação suficiente para o cargo. E de resto Weldon ou Martins seriam todas adaptações. E a águia ficaria assim a modos que desasada.

http://www.ionline.pt/conteudo/71184-gaitan-que-seja-zurdo-e-mudo-ainda-va-cego-e-que-nao

Gosto muito. Continuem. Estavam à espera de umas derrotazinhas para espalharem o pânico, não é? Azar...

Benfica admite rescindir contrato com Olivedesportos

Vários elementos da Direcção do Benfica vão convocar um plenário dos Órgãos Sociais para debater a antecipação do final do contrato dos direitos de transmissão televisiva com a Olivedesportos.

Os comentários dos profissionais da Sport TV sobre Roberto e Jorge Jesus, antes do particular com o Sunderland, não emitidos em directo mas revelados no YouTube, estão na origem da decisão da Direcção encarnada, que pode decidir-se, no limite, pela rescisão do contrato, que expira no final da época 2012/2013.

O clube emitiu, ontem, um comunicado no qual manifestava surpresa «com os comentários depreciativos a profissionais do Sport Lisboa e Benfica promovidos por dois jornalistas e pelo comentador destacado da Sport TV», antes da transmissão do jogo com o Sunderland.

«É uma situação que se lamenta mas que não surpreende», podia ler-se no comunicado, que lembra o alerta do clube, no ano passado, para «este tipo de comportamentos e atitudes».

 

in A Bola

Sport TV a brincar desde 2004

A Sport TV que não me venha com comunicados armados em profissionais imaculados porque a minha memória não é curta.

Em 2004 escrevia eu para o Terceiro Anel e denunciei isto:

 

segunda-feira, 26 abril 2004

Vergonha na Sporttv!

Categoria: 03/04 Futebol Português

 

Inqualificável o diálogo mantido em "off" entre Miguel Prates e Rodrigo Magalhães logo após a transmissão em directo do jogo Belenenses-Rio Ave.
O problema é que o "off" passou a "on" sem que os jornalistas se apercebessem. E então todos os assinantes da Sport TV puderam apreciar o tom de conversas de bastidores dos profissionais do canal de desporto.
Prates estava nos estúdios em Lisboa para apresentar os resumos dos jogos, Magalhães estava nas ruas do Porto a acompanhar a festa azul. Tudo se passou no momento em que há um intervalo publicitário entre o fim da transmissão do Restelo, e a rubrica Remate Final.

Sem saberem que estavam a ser ouvidos, os jornalistas têm o seguinte diálogo:

Rodrigo Magalhães: ... o Rio Ave?
Miguel Prates: O Rio Ave perdeu 3 a 0.

RM: Iiih... eeheheheh
MP: Foi ali uma...

Rm: E quantos Euros é que ganhou?
MP: Epá, foi ali uma de amizade, pá! Augusto Inácio e Carlos Brito...

RM: Brincadeira...
MP: Aos 15' já...
RM: Foi o Carlos Brito que pôs o Inácio a andar de Guimarães.


Foram 10 segundos de diálogo que deixaram bem claro que Rodrigo Magalhães sabe muito de compras de jogos.
Este mesmo Rodrigo Magalhães foi reduzido à sua pequenez na passada 4ª feira quando entrevistou José Mourinho no rescaldo do Porto-Depor.
Na altura Mourinho disse-lhe na cara que (Magalhães) não percebia nada de futebol, o que até era natural já que não passava de um simples reporter de pista. O jornalista da Sport TV ouviu e nem piou!
Pelos vistos, em "off" é muito mais dado à conversa.

Na passada 3ª feira um jornalista inglês demitiu-se das suas funções por ter feito comentários racistas em relação a Desailly do Chelsea, pensando estar em "off".

Neste caso da Sport TV, espero que haja a mesma dignidade dos dois jornalistas que acham tanta piada à compra de jogos e favores amigáveis para se resolver partidas.

A Sport TV é o canal que tem jornalistas a serem humilhados por figuras como Pinto da Costa, que ainda agora chamou, indirectamente, estúpido a João Ricardo Pateiro, e este nem pestanejou!
Depois vingam-se em "off".

Tenham vergonha!

 

in http://terceiroanel.weblog.com.pt/arquivo/2004/04/26/vergonha_na_spo

 

 

 

Depois de termos feito este post e enviado por mail à Sport Tv obtivemos esta resposta:

 

Resposta da Sport TV

Categoria: 03/04 Futebol Português

 

No seguimento da nossa crítica feita ao canal de desporto, devido aos acontecimentos após a transmissão do jogo Belenenses-Rio Ave, recebi o seguinte e-mail:

"Exmo. Senhor,

Na sequência do episódio ocorrido no final do jogo Belenenses x Rio Ave, vimos por este meio dar-lhe a conhecer o comunicado da Direcção de Programas e Informação divulgado no programa .A Noite do Futebol. emitido segunda-feira, dia 26 de Abril de 2004.


Comunicação da Direcção de Programas e Informação da Sport Tv

No final da transmissão do jogo de futebol da Superliga disputado ontem por Belenenses e Rio Ave puderam os nossos subscritores ouvir parte de um diálogo entre dois jornalistas que se referiram em tom de brincadeira e de forma manifestamente infeliz à forma como aconteceu a vitória da equipa do Restelo. Porque tais comentários não reflectem a verdade nem tão pouco a posição deste canal acerca do ocorrido no referido jogo, vem a Direcção de Programas e Informação lamentar estes factos e apresentar o seu pedido de desculpas aos dirigentes do Clube de Futebol .Os Belenenses. e do Rio Ave Futebol Clube bem como às respectivas massas associativas, e, em particular aos treinadores Augusto Inácio e Carlos Brito.


Nuno Marques Ferreira
Director de Programas e Informação da Sport Tv

Melhores Cumprimentos,

Patrícia Delgado

Relações Públicas e Imprensa "

 

 

E aqui bem que pediram desculpa.

A incompetência já vem de longe!

Comunicado da Sport TV

A Sport TV Portugal, S.A. tomou hoje conhecimento da divulgação ilícita de momentos que antecederam a transmissão do jogo entre o Sport Lisboa e Benfica e o Sunderland AFC e que não foram objecto de emissão nos seus canais.

Nesse período dedicado a testes exclusivamente técnicos, foram proferidas expressões inadequadas, nomeadamente sobre alguns intervenientes do jogo.

Desde a sua fundação, a Sport TV Portugal, S.A. sempre se pautou por critérios de rigor, isenção, imparcialidade e independência, assegurando um tratamento não discriminatório entre todos os agentes desportivos. Enquanto estação de televisão que se rege pelas mais rigorosas normas deontológicas e pela ética profissional dos seus jornalistas, a Sport TV Portugal, S.A. lamenta profundamente as expressões infelizes ontem proferidas e informa que, de imediato, foram implementados os procedimentos disciplinares adequados, bem como o apuramento das responsabilidades pela difusão dos comentários e disponibilização pública das imagens.

 

Lisboa, 28 de Julho de 2010

Pág. 1/7